quarta-feira, 21 de outubro de 2020

PÍLULAS

Publicidade

Heroica pancada

quinta-feira, 9 de julho de 2015

A propósito da Revolução de 32, o saudoso mestre Goffredo conta que a nova Carta Magna para o país, freando os desmandos getulistas, era seu anseio, de toda a mocidade acadêmica, e de quase todo o povo bandeirante. No entanto, Goffredo é realista em suas memórias ao analisar que do lado dos políticos a coisa não era bem assim. "O que eles de fato queriam era derrubar Getúlio e seus asseclas, a fim de recuperar os postos que haviam perdido, ou conquistar os que sempre almejaram." Independente dos interesses menores dos políticos, o povo paulista se uniu e Goffredo, como sempre o fez em sua venturosa existência, sentiu a heroica pancada e deixou a folha dobrada.


Goffredo à direita com 17 anos, na Revolução de 32

Faça conosco um emocionante passeio virtual pelo Memorial'32, no Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo - IHGSP:

Atualizado em: 9/7/2015 09:12

LEIA MAIS