sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

PÍLULAS

Publicidade

Mandando ver

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Só elogios. De fato, a primeira sessão da ministra Cármen Lúcia no comando do CNJ foi celebrada. Para começo de conversa, tão logo o relógio deu as nove badaladas, a ministra começou. Tendo previamente estudado os processos da pauta, foi de um dinamismo invejável. Conselheiro pedia vista, ela dava a vista e continuava o julgamento. Às 13h08 decidiu fazer uma pausa para o almoço. "Uma hora", disse ela. Quem não levou a sério, dançou. Isso porque 14h08 lá estava a ministra de volta. E assim foi a tarde inteira. E isso, frise-se, com a ministra respeitando as sustentações orais e todos os esclarecimentos de fato que se fizeram. Enfim, a ministra, indubitavelmente, mostrou a que veio.

Atualizado em: 28/9/2016 10:38