quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

PÍLULAS

Publicidade

Baú migalheiro

quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Em 21 de outubro de 1889, há 131 anos, morreu, em Petrópolis, Rio de Janeiro, Irineu Evangelista de Sousa, o Barão e depois Visconde de Mauá. Foi considerado o primeiro grande industrial brasileiro por seu pioneirismo em várias áreas da economia do país. Entre suas grandes realizações estão a implantação da primeira fundição de ferro e estaleiro no país, a construção da primeira ferrovia brasileira, a estrada de ferro Mauá, entre outras. Em 1875, ocorreu a falência do Banco Mauá, e Visconde teve que vender boa parte das suas empresas e bens pessoais para saldar dívidas. Doente e com a ajuda da família, trabalhou com a corretagem de café até sua morte, aos 76 anos, pouco antes da queda do Império no Brasil.

(Imagem: Reshot)

(Imagem: Reshot)

Atualizado em: 20/10/2020 12:42