segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

PÍLULAS

Publicidade

Baú migalheiro

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Há 191 anos, em 7 de janeiro de 1830, morreu, no Palácio de Queluz, em Portugal, Dona Carlota Joaquina Teresa Caetana de Bourbon e Bourbon, rainha consorte do reino unido de Portugal, Brasil e Algarves e rainha consorte de Portugal por seu casamento com o Dom João VI. Com a revolução do Porto em 1820 e a morte de D. Maria I, D. João VI, então rei, decidiu retornar para Portugal com a família real e nomeou um conselho de regência para sua sucessão, presidido pela sua filha Isabel Maria de Bragança. Desta forma, Carlota Joaquina estava fora da linha sucessória, algo inédito já que sempre na história portuguesa a sucessão ficava com a rainha viúva enquanto houvesse menoridade ou ausência do herdeiro no país. No dia 10 de março de 1826, faleceu D. João VI. Afastada dos filhos e isolada, Carlota Joaquina morreu alguns anos depois, no dia 7 de janeiro de 1830, e está enterrada ao lado do marido, no mosteiro de São Vicente de Fora, em Lisboa.

(Imagem: Arte Migalhas)

(Imagem: Arte Migalhas)

Atualizado em: 8/1/2021 09:57