quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Selo, carimbo e Ex Libris são lançados em comemoração aos 50 anos do TJ/DF

O Selo e o Carimbo Comemorativos dos 50 anos do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios foram lançados, nesta quinta-feira, 25/3, no Salão Nobre do TJ/DF. Na cerimônia também foi lançado o Ex Libris da Biblioteca Desembargador Antônio Mello Martins.

sexta-feira, 26 de março de 2010


Comemoração

Selo, carimbo e Ex Libris são lançados em comemoração aos 50 anos do TJ/DF

O selo e o carimbo comemorativos dos 50 anos do TJ/DF foram lançados ontem, 25/3, no Salão Nobre do TJ/DF. Na cerimônia também foi lançado o Ex Libris da Biblioteca Desembargador Antônio Mello Martins.

Compuseram a mesa o presidente do TJ/DF, des. Nívio Gonçalves, o vice-presidente, des. Romão Cícero, o Corregedor, Getúlio Pinheiro, o Diretor Regional dos Correios em Brasília, José Luiz Martins Chinchilla, a desembargadora Maria Thereza Braga e a Procuradora-Geral em exercício do MP/DF, Maria Aparecida Barbosa.

Após a execução do hino nacional pelo Coral do TJ/DF, Justiça Encantus, o presidente fez a primeira obliteração com o Selo e o Carimbo comemorativos dos 50 anos do TJ/DF, seguido do vice-presidente e do Corregedor. A obliteração é um ritual realizado nos lançamentos de selos personalizados, em que a autoridade sela e carimba um cartão, que depois será conservado no Museu dos Correios.

Em seu discurso, o presidente Nívio disse que o significado da comemoração era grande, pois era um marco na história do Poder Judiciário. "(Esta comemoração) dá início a um novo período de 50 anos de confiança e de esperança no futuro da nossa magistratura", afirmou o Desembargador.

O selo e o carimbo trazem a logomarca ganhadora do concurso realizado pelo Tribunal, vencido pelo servidor Geraldo Alves Barros Júnior. A imagem remete a uma divisão igual e equilibrada, fazendo referência à balança, um dos símbolos da Justiça. O selo traz ainda a imagem de um ipê amarelo no mapa do Brasil com a bandeira ao fundo, criada pelos Correios, que representa a fauna e a democracia brasileiras.

Após o lançamento do selo e do carimbo, foi a vez do Ex Libris da Biblioteca do TJ/DF. O Ex Libris é uma etiqueta usualmente decorada que se cola na contracapa ou na página de rosto da encadernação, para indicar a propriedade pessoal de livros. O Ex Libris da Biblioteca do Tribunal traz o busto do desembargador Antônio Mello Martins, homenageando o magistrado que dá nome ao setor. Ele será utilizado na folha de rosto de todos os livros da biblioteca.

O vice-presidente, des. Romão Cícero, ressaltou a importância da Biblioteca do Tribunal e da marca de propriedade lançada. Ele agradeceu ainda à família do desembargador Antônio Mello Martins, que dá nome ao setor. "Este lugar foi certamente almejado por ele, porquanto homem culto e devotado aos livros", disse.

No encerramento da cerimônia, o presidente, o vice-presidente e o Corregedor do TJ/DF selaram os três primeiros exemplares de livros da Biblioteca com o Ex Libris.

________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 26/3/2010 12:04