sexta-feira, 30 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Novos desembargadores tomam posse no TJ/MG

No fim da tarde desta segunda-feira, 26, as portas do auditório Ministro Carlos Fulgência da Cunha Peixoto, do TJ/MG, abriram-se para a posse do juiz sumariante do I Tribunal do Júri da capital, Nelson Missias de Morais, e do juiz da Vara da Fazenda Municipal de Belo Horizonte, juiz Flávio Batista Leite, no cargo de desembargador do TJ/MG.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Posse

Novos desembargadores tomam posse no TJ/MG

No fim da tarde desta segunda-feira, 26/04, as portas do auditório Ministro Carlos Fulgência da Cunha Peixoto, do TJ/MG, abriram-se para a posse do juiz sumariante do I Tribunal do Júri da capital, Nelson Missias de Morais, e do juiz da Vara da Fazenda Municipal de Belo Horizonte, juiz Flávio Batista Leite, no cargo de desembargador do TJ/MG.

Representantes dos três poderes participaram da solenidade, que contou ainda com a presença de líderes da magistratura de outros estados. Flávio Batista e Nelson Missias foram promovidos por antiguidade e merecimento, respectivamente, no dia 14 deste mês.

O presidente do TJ/MG, desembargador Sérgio Resende, empossou os novos desembargadores e destacou características da carreira. "A magistratura é sinônimo de luta e dedicação. Nossas decisões afetam a vida das pessoas e, muitas vezes, ganham amplitude. Acredito que nossa profissão exige serenidade, humildade e recolhimento", disse. O desembargador ainda destacou a nova etapa da carreira de Flávio Batista e Nelson Missias e disse ser um dia especial para o judiciário mineiro por passar a acolher novos integrantes. "Sucesso profissional, paz e esperança", foram votos de Sérgio Resende aos desembargadores.

Segundo o presidente da Amagis, juiz Bruno Terra, Flávio Batista e Nelson Missias são dois dos melhores quadros da magistratura mineira, que chegam com inteira justiça ao ponto máximo da carreira. Para ele, os dois magistrados poderão dar contribuições importantes ao TJ por trazerem, com sua chegada, um olhar mais próximo da primeira instância, como é natural daqueles que ingressam na segunda instância.

Agora desembargador da 2ª câmara criminal, Nelson Missias de Morais, ex-presidente da Amagis e atual assessor especial da presidência da Associação, garantiu que jamais perderá de vista a defesa intransigente das garantias e prerrogativas da magistratura. "Os meus colegas, juízes e desembargadores, podem ter certeza de que continuarei firme na luta pelos interesses da magistratura", afirmou.

Nelson Missias ainda fez questão de fazer reverências ao desembargador Reynaldo Ximenes, cuja aposentadoria possibilitou seu ingresso no TJ. "É com apreensão que assumo a cadeira do desembargador Reynaldo Ximenes, pois ele é uma referência para a magistratura estadual e nacional. Um exemplo de juiz, dignidade e de ser humano", concluiu.

Prestes a iniciar uma nova etapa na carreira, o desembargador Flávio Batista Leite revelou estar muito honrado e feliz, certo de que a experiência acumulada ao longo dos anos lhe dará tranquilidade para o exercício da função. O magistrado disse ainda que considera muita responsabilidade assumir o lugar deixado pelos desembargadores Jarbas Ladeira, que se aposentou, e Márcia Milanez, hoje 3ª vice-presidente do TJ/MG, que, antes dele, ocuparam a 1ª câmara criminal.

Os novos desembargadores receberam das mãos do presidente do TJ o Colar do Mérito Judiciário. A irmã do desembargador Flávio Batista, Aparecida dos Reis Leite, participou da condecoração. A esposa, os filhos e os pais do desembargador Nelson Missias, Heloísa Fernandes de Morais, Thiago, Bruno, Maria Luzia e Agostinho, condecoraram-no.

Nelson Missias de Morais

Presidente da Amagis na gestão 2007/2009 alcançou conquistas históricas em prol da magistratura, entre as quais as que possibilitaram a aprovação e implementação da nova Lei de Organização e Divisão Judiciárias, LODJ. Sua gestão foi baseada no tripé integração, participação e interiorização, garantindo destaque da Amagis no cenário nacional.

Bacharel em Direito pela Faculdade de Sete Lagoas, ele tem ainda a formação em Pedagogia e é pós-graduado em Direito e especialista em Direito Penal e Processual Penal. Açucena, no Vale do Rio Doce, foi sua primeira comarca, passando ainda por Mantena e Governador Valadares. Em 2001, foi promovido a auxiliar da capital. Foi juiz eleitoral nas comarcas de Açucena e Mantena.

Natural de João Pinheiro, Noroeste do Estado, Nelson Missias mudou-se, com tenra idade, para Pato de Minas, onde foi criado e passou a juventude.

Flávio Batista Leite

É mineiro de Coimbra. Formou-se em 12 de dezembro de 1976 pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Antes de ser magistrado em Minas Gerais, foi juiz em Goiás, na comarca de Campos Belos de março de 88 a outubro do mesmo ano, quando ingressou na magistratura mineira. Atuou nas comarcas de Passa Quatro, Raul Soares, Uberaba e Belo Horizonte.

____________________


Presidente do TJ/MG, desembargador Sérgio Resende; desembargador Nelson Missias ao lado da esposa, os filhos e os pais.


Empossandos ao lado do presidente do TJ/MG, desembargador Sérgio Resende


Desembargador Flávio Batista Leite ao lado de sua irmã, Aparecida dos Reis Leite.

_____________________
__________

Foto: Adriano Boaventura
__________
____________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 27/4/2010 13:43