quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Alunos da USP conhecem o Palácio da Justiça de São Paulo

Cerca de 120 alunos da Faculdade de Direito Largo de São Francisco visitaram ontem, 24, o prédio do Palácio da Justiça e conheceram um pouco da história e o funcionamento do Poder Judiciário paulista.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011


Visita

Alunos da USP conhecem o Palácio da Justiça de São Paulo

Cerca de 120 alunos da Faculdade de Direito Largo de São Francisco visitaram ontem, 24, o prédio do Palácio da Justiça e conheceram um pouco da história e o funcionamento do Poder Judiciário paulista.

Os alunos foram recepcionados pelo funcionário do Museu do TJ/SP, Bruno Bettine de Almeida, que fez uma introdução sobre os aspectos culturais e históricos do prédio. Ele lembrou que a primeira visita monitorada aconteceu em 1995, por iniciativa do professor e coordenador do Museu desembargador falecido Emeric Levai que, na época, sentiu a necessidade de preencher o vácuo que existia entre o TJ e a Faculdade de Direito. Bettine mencionou também que o 1ª júri no Palácio aconteceu em 1927 e ficou conhecido como crime da mala.

O desembargador aposentando Laercio Laurelli, integrante do GAJ - Gabinete de Apoio ao Judiciário, deu boas-vindas aos estudantes e os cumprimentou em nome do professor titular da Universidade, José Rogério Cruz e Tucci. "O professor José Rogério é um homem de grande sabedoria", ressaltou .

Laercio Laurelli explicou como é a estrutura do Judiciário, a função dos desembargadores, como são divididas as câmaras e sua composição, além de frisar que "o conhecimento é tudo, quem diz saber tudo não sabe nada, e devemos fugir dessas pessoas". O desembargador dividiu com os alunos a sua experiência. "Transmito o que sempre norteia o meu caminho: ler, estudar e conhecer". Laurelli finalizou citandos os cinco degraus para se alcançar a sabedoria: calar, ouvir, lembrar, agir, estudar, estudar e estuda.

O desembargador encerrou a palestra entregando aos representantes dos alunos, Saylon Alves Pereira e Nayara Ferreira Araújo Alves, um certificado da visita monitorada à instituição de ensino. No final da palestra, os alunos foram convidados a conhecer a sala Emeric Levai e a sala Paulo Bomfim.

As visitas monitoradas acontecem diariamente a partir das 13h e devem ser agendadas pelos telefones (11) 3106-1476 ou 3242-9366, ramal 376. Os participantes podem optar por assistir a uma das sessões de julgamento da segunda instância.

  • Confira abaixo mais fotos da visita.

________________

________________
_________

Fonte : TJ/SP

________
________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 25/2/2011 08:32