quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Gilson Dipp e Laurita Vaz tomam posse no TSE e Nancy Andrighi é a nova corregedora-geral Eleitoral

Os ministros Gilson Dipp e Laurita Vaz, do STJ, tomaram posse ontem, 10, como membros efetivo e suplente, respectivamente, do TSE. O ministro Ricardo Lewandowksi, presidente da Corte eleitoral, presidiu a sessão, da qual também participaram o ministro Ari Pargendler, presidente do STJ, o senador José Sarney (PMDB/AP), presidente do Congresso Nacional, e os demais integrantes do TSE.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Posse

Gilson Dipp e Laurita Vaz tomam posse no TSE e Nancy Andrighi é a nova corregedora-geral Eleitoral

Os ministros Gilson Dipp e Laurita Vaz, do STJ, tomaram posse ontem, 10, como membros efetivo e suplente, respectivamente, do TSE. Na mesma sessão, a ministra Nancy Andrighi, que ocupa a outra vaga do TSE destinada a membros do STJ, foi eleita para desempenhar a função de corregedora-geral da Justiça Eleitoral.

O ministro Ricardo Lewandowksi, presidente da Corte eleitoral, presidiu a sessão, da qual também participaram o ministro Ari Pargendler, presidente do STJ, o senador José Sarney (PMDB/AP), presidente do Congresso Nacional, e os demais integrantes do TSE.

Para o ministro Gilson Dipp, é uma grande honra participar de uma Justiça Eleitoral que tem credibilidade em todo o mundo. "Hoje, a Justiça Eleitoral brasileira é reconhecida, mundialmente, pela sua agilidade, sua transparência e sua credibilidade. E não é por nada que o cidadão brasileiro confia na Justiça Eleitoral, confia na proclamação dos resultados, tem orgulho da rapidez da apuração dos pleitos e a transparência devida. Os desafios são aqueles que virão - financiamento de campanha, aplicação da lei da Ficha Limpa - e eu estou disposto a colaborar com a experiência que trago do STJ e do CNJ".


Ministro Gilson Dipp recebe cumprimentos do ministro Ricardo Lewandowksi, presidente do TSE

Ao tomar posse no cargo de suplente, a ministra Laurita Vaz destacou que ser integrante do TSE é um novo desafio que tem pela frente. A sua expectativa é a de poder contribuir e, ao mesmo tempo, aprender. "Mesmo como suplente, acredito que terei a oportunidade de aprender bastante e, também, dar a minha contribuição", afirmou. Questionada sobre o impacto da reforma política na Justiça Eleitoral, a ministra disse que a Justiça está sempre preparada para apreciar esses temas na medida em que a sociedade espera.


Ministra Laurita Vaz é empossada suplente na Corte Eleitoral

De acordo com o ministro Ari Pargendler, é um grande privilégio para o TSE contar com a contribuição desses dois grandes e experientes juízes. "O ministro Dipp veio da advocacia para a magistratura, no TRF da 4ª região. De lá para o nosso tribunal e, ao longo deste tempo que lá está, vem cumprindo as suas funções com a maior proficiência. Não se pode dizer menos da ministra Laurita Vaz. Ela foi membro do MP/GO. Depois, por meio de concurso público, passou para o MPF e, destacando-se nas suas funções, foi escolhida para integrar o STJ", afirmou.

Eleição

A ministra Nancy Andrighi foi eleita para desempenhar a função de corregedora-geral da Justiça Eleitoral, cargo exercido pelo ministro Hamilton Carvalhido, que se aposentou no último dia 9. É a primeira vez que uma mulher assume a função.

Estiveram presentes, ainda, ministros do STJ; Luiz Inácio Adams, o advogado-geral da União; o ministro João Oreste Dalazen, presidente do TST; ministro Benjamin Zymler, presidente do TCU; o desembargador João de Assis Mariosi, presidente do TRE do DF, entre outras autoridades dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo.

Gilson Dipp

Formado pela UFRGS - Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Gilson Dipp foi advogado e membro do TRF da 4ª região antes de chegar ao STJ em 1998, onde integra a Corte Especial, a 3ª seção e a 5ª turma. É professor, atualmente licenciado, na Faculdade de Direito da PUC/RS. Entre 2008 e 2010, ocupou o cargo de corregedor nacional de Justiça.

Nancy Andrighi

Ministra do STJ desde outubro de 1999, Nancy Andrighi começou na magistratura em seu Estado natal, o RS, de onde saiu para disputar uma vaga na Justiça do DF, até galgar ao TJ/DF, onde atuou de 1992 a 1999. Foi coordenadora da implantação e funcionamento dos JEC e JECrim no DF, em 1996, e dos trabalhos de reforma do CPC de Moçambique - África, em 1997. Integra o STJ desde 27 de outubro de 1999, atuando na 3ª turma e na 2ª seção, órgãos que presidiu, e na Corte Especial.

Laurita Vaz

Nascida em Anicuns e criada em Trindade, ambos municípios goianos, a ministra Laurita Vaz foi promotora de Justiça em GO (1978 a 1984), procuradora da República (1984 a 1989), procuradora regional da República (1993), presidente do Conselho Penitenciário do Distrito Federal (1995 a 1997) e subprocuradora-geral da República (2000). Atua no STJ desde junho de 2001, integrando a 5ª turma, a 3ª seção e a Corte Especial.

_____________
____

Foto : STJ
____
_____________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 11/5/2011 08:01