segunda-feira, 23 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Falece o jurista Washington Peluso Albino de Souza

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Falecimento

Falece o jurista Washington Peluso Albino de Souza

Faleceu hoje, em Belo Horizonte/MG, o jurista Washington Peluso Albino de Souza (OAB/MG 1.898). O corpo será velado, a partir das 11h, no Panteão dos Sábios do auditorium maximum Alberto Deodato, na Faculdade de Direito da UFMG (av. João Pinheiro, 100 - Centro - Belo Horizonte/MG).

Washington Peluso Albino de Souza ingressou na Faculdade de Direito da UFMG em 1933, viveu a experiência da Constituição de 1934, seu debate, e o surgimento do Estado Novo, em 1937. Em 1938, tornou-se professor de Economia Política e dedicou-se ao magistério obtendo títulos de livre docente, doutor, professor titular e professor emérito da mesma instituição.

Autor de mais de 20 obras, é considerado pioneiro do Direito Econômico no Brasil, tendo sido responsável, em 1972, pela introdução da disciplina Direito Econômico na grade curricular do curso de Direito. Teve experiência como jornalista, passando pelos Diários Associados e Folha de Minas, Rádio Inconfidência, Revista da Produção e Diário do Comércio. Na administração pública, ocupou a chefia de gabinete do secretário de Estado do Interior no governo Milton Campos (1949-1950) e foi secretário da Fazenda de Belo Horizonte (1951-1953), na gestão do prefeito Américo Rennê Giannetti.

Foi presidente da Fundação Brasileira de Direito Econômico, sendo um de seus fundadores, e membro da Association Internacionale de Droit Èconomique, Bélgica. Pela FBDE ocupa a galeria de grandes nomes do Direito Econômico, ao lado de Eros Roberto Grau, Antônio Augusto Cançado Trindade e Alberto Venâncio Filho.

Em 2009, aos 91 anos, foi outorgado com a Medalha IAMG na categoria Magistério.

______________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 17/6/2011 11:09