quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Cowboy x caipira

Cachaça mineira é acusada de plágio por fabricante do uísque Johnnie Walker

A holding detentora do uísque Johnnie Walker entrou com ação no INPI pedindo que seja cancelada a certificação da cachaça João Andante, de fabricação mineira.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Cowboy x caipira

Cachaça mineira é acusada de plágio por fabricante do uísque Johnnie Walker

A holding detentora do uísque Johnnie Walker entrou com ação no INPI pedindo que seja cancelada a certificação da cachaça João Andante, de fabricação mineira. A multinacional alega plágio do nome e da marca do destilado escocês na criação da pinga, que seria uma tradução livre de Johnnie Walker.

No último dos 180 dias previstos para que fossem apresentados recursos contra a certificação do produto mineiro, representantes no Brasil da holding Diageo encaminharam notificação extrajudicial dando cinco dias para que o grupo de empresários retirasse o pedido de certificação.

O produto já havia sido registrado no INPI, em 2008, e dessa vez o processo era apenas para revisão da marca.

O escritório que representa a Diageo apresenta como argumento a história de quase dois séculos do uísque, as supostas semelhanças entre as duas marcas e duas citações da internet que associam o produto mineiro ao destilado escocês.

Os sócios se defendem das acusações dizendo que não copiaram a marca da Johnnie Walker e apenas "inspiraram-se" no produto. Alegam que a embalagem da bebida é marrom e redonda, diferentemente do famoso uísque, embalado em caixa quadrada e vermelha.

___________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 6/12/2011 08:39