domingo, 29 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Poder Judiciário de SP

OAB/SP elogia escolha de Ivan Sartori para presidir TJ/SP

O presidente da OAB/SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, fez manifestação elogiosa após anúncio que o desembargador Ivan Ricardo Garísio Sartori será o novo presidente do TJ/SP.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Judiciário

OAB/SP elogia escolha de Ivan Sartori para presidir TJ/SP

O presidente da OAB/SP, Luiz Flávio Borges D'Urso, fez manifestação elogiosa após anúncio que o desembargador Ivan Ricardo Garísio Sartori será o novo presidente do TJ/SP.

Para o presidente da seccional, Ivan Ricardo é uma liderança destacada da magistratura, "que certamente imprimirá seu estilo para vencer os obstáculos enfrentados pelo Judiciário bandeirante", principalmente as questões que envolvem os cortes orçamentários, a conclusão da informatização e a superação da morosidade da Justiça.

O presidente da OAB/SP também fez elogiosas referências ao desembargador José Roberto Bedran. "Sempre foi um presidente com capacidade de ouvir e dialogar com a advocacia, dotado de retidão ética, grande capacidade de trabalho e preocupação com a lentidão da Justiça, além de ter abertura a novas ideias que possibilitaram firmar convênios com a Ordem em prol do bom andamento do Judiciário, como o Mutirão voluntário de estudantes de Direito", afirmou D'Urso.

Ivan Sartori nasceu em 1957, em SP. Graduou-se em 1979 pela Universidade Mackenzie e ingressou na magistratura em 1980. Foi juiz de Direito nas comarcas de Orlândia, Bariri, São Bernardo do Campo, Mogi das Cruzes e SP. Foi promovido ao extinto Tribunal de Alçada Criminal, em 2001, e a desembargador do TJ/SP em 2005. Atualmente preside a 13ª câmara de Direito Público do Tribunal bandeirante.

O desembargador José Gaspar Gonzaga Franceschini foi eleito vice-presidente e o desembargador José Renato Nalini, corregedor geral da Justiça. Candidato único, o desembargador Antonio José Silveira Paulilo conquistou a presidência da seção de Direito Privado e o desembargador Antonio Carlos Tristão Ribeiro presidirá a seção de Direito Criminal. E a seção de Direito Público terá como presidente o desembargador Samuel Alves de Melo Junior.

Na Escola Paulista da Magistratura, a chapa vencedora foi a do desembargador Armando Sérgio Prado de Toledo, com 150 votos, nove a mais que a comandada pelo desembargador Ademir de Carvalho Benedito - 141.

_________

_________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 8/12/2011 08:11