quarta-feira, 28 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Meio ambiente

Liminar garante sacolas gratuitas em supermercados de SP até setembro

Venda de sacolas reutilizáveis também está autorizada.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

O desembargador Torres de Carvalho, da Câmara Reservada ao Meio Ambiente do TJ/SP, determinou nesta quarta-feira, 8, que os supermercados paulistas forneçam aos consumidores sacolas plásticas, gratuitamente, até 15/9.

Desde ontem, eles também estão autorizados a vender sacolas reutilizáveis ou embalagens equivalentes que permitam o transporte de compras por R$ 0,59 sem logomarcas ou propagandas. O preço tem de ser mantido até o dia 15/4/13.

Para o desembargador Torres de Carvalho, o consumidor é livre para transportar as compras em sacolas ou embalagens de qualquer espécie ou marca que tenha consigo. O magistrado também ressaltou que os clientes devem ser informados com clareza ao entrar no estabelecimento "dos prazos de fornecimento, dos preços e da possibilidade de uso de sacolas próprias".

A causa foi patrocinada por Carlos Miguel Castex Aidar, do escritório AIDAR SBZ Advogados.

Veja abaixo a íntegra da decisão.

_____________

Sem prejuízo de futura análise da competência da Câmara Ambiental e atento aos argumentos trazidos pela agravante, observo que inexiste lei a compelir as rés ao fornecimento das sacolas plásticas ou das sacolas biodegradáveis; a suspensão do fornecimento se insere em um contexto mais amplo de proteção ao meio ambiente, obrigação também dos fornecedores; e que o fornecimento gratuito faz com que os consumidores que trazem suas sacolas paguem pelas sacolas dos demais, sendo assim prejudicados e não beneficiados pela decisão agravada. O custo das sacolas, por sua vez, não implica no ônus excessivo entrevisto na decisão.

O tumulto criado justifica a disciplina da questão, adotado o espírito do protocolo de intenções e do termo de ajuste firmado pelo Ministério Público.

Considerando que as sacolas plásticas voltaram a ser fornecidas por força da liminar e a necessidade de revigorar o espírito que motivou a assinatura do termo de ajuste, os supermercados manterão o fornecimento gratuito das sacolas plásticas até o dia 15 de setembro de 2012; desde agora e a partir dessa data, disponibilizarão aos consumidores as sacolas reutilizáveis descritas no item dois do termo de ajuste ou outra equivalente que permita o transporte das compras, assegurado o preço de R$-0,59 por sacola até o dia 15 de abril de 2013.

As sacolas vendidas não trarão logomarca ou propaganda de qualquer espécie. O consumidor é livre para transportar as compras em sacolas ou embalagens de qualquer espécie ou marca que tenha consigo e deve ser informado com clareza ao entrar no estabelecimento dos prazos de fornecimento, dos preços e da possibilidade de uso de sacolas próprias.

Comunique-se.

À resposta.

Depois, à PGJ. São Paulo, 7 de agosto de 2012.

TORRES DE CARVALHO
Relator

_____________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 9/8/2012 08:22