sábado, 28 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Orçamento 2013

Congresso deve incluir aumento do Judiciário na proposta orçamentária de 2013

Questão chegou ao Supremo no início de setembro em MS impetrado pelas entidades AMB, Anamatra e a Ajufe

domingo, 11 de novembro de 2012

O ministro Luiz Fux, do STF, determinou que o Congresso Nacional inclua a proposta oficial do Poder Judiciário no Projeto de Lei Orçamentária para 2013. O documento prevê aumento de 7,12% para o Judiciário da União, que teria impacto direto de R$ 285 milhões anuais.

A questão foi chegou ao Supremo no início de setembro em MS impetrado pelas entidades AMB, Anamatra e a Ajufe. Elas contestaram o fato de o Executivo ter retirado o orçamento original elaborado pelo STF da proposta apresentada ao Congresso Nacional em agosto. Segundo as entidades, a interferência é uma afronta à autonomia entre os Poderes.

A AGU saiu em defesa do Executivo argumentando que a proposta orçamentária do STF foi mantida, ainda que anexa ao documento principal. Segundo a AGU, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior,justificou a necessidade de adequação devido ao complexo cenário econômico atual e a necessidade de manter a economia brasileira funcionando bem.

Os argumentos não convenceram o ministro Luiz Fux, que determinou a apreciação do orçamento do Judiciário tal como apresentado pelo STF. A decisão liminar deve ser cumprida enquanto o processo não foi apreciado definitivamente pelo plenário do STF, o que deve acontecer em breve, pois Fux pediu a inclusão do caso na pauta da corte.

O MPU também acionou o STF, em setembro, para contestar os cortes do Executivo na proposta orçamentária encaminhada ao Congresso Nacional. A categoria previa reajuste de 29,53%. O processo está sob relatoria do ministro JB, mas ainda não houve decisão.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 10/11/2012 12:41