domingo, 24 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Evento

Advocacia Sandoval Filho inaugura auditório com a presença de Delfim Netto

Cem convidados compareceram ao evento.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

O escritório Advocacia Sandoval Filho inaugurou um auditório no dia 27 de novembro com a presença do economista Delfim Netto, convidado a falar sobre a conjuntura econômica nacional a um público formado por advogados, empresários e professores. Delfim Netto foi secretário de Estado da Fazenda em SP, ministro da Fazenda, da Agricultura e do Planejamento, além de embaixador do Brasil na França.


Antônio Roberto Sandoval Filho e Delfim Netto

O encontro foi aberto por Antônio Roberto Sandoval Filho, sócio-fundador da banca, que agradeceu a presença de todos e colocou o novo espaço à disposição da comunidade jurídica para debater temas de interesse, aproximar os profissionais e disseminar conhecimentos.

O auditório será também mais um canal de interação entre a Advocacia Sandoval Filho e seus mais de 100 mil clientes espalhados por todo o Estado de SP. Ali serão reunidos pequenos grupos para esclarecimento de dúvidas processuais e outros assuntos relacionados aos precatórios.

Em suas palavras de abertura, Sandoval Filho, fundador do escritório, lembrou o gesto de Delfim Netto que recentemente tocou o país: "o Brasil testemunhou recentemente o seu gesto, absolutamente incomum em nosso país, que foi a doação de sua biblioteca particular, composta por mais de 250 mil volumes, para a Faculdade de Economia e Administração da USP, da qual o senhor é Professor Emérito. São gestos assim, de elevada carga simbólica, que revelam a sua vocação mais profunda, que é o exercício da inteligência, em todas as suas dimensões".


Sandoval Filho abrindo o evento

O palestrante Delfim Netto mostrou aos 100 convidados a importância da CF/88 para que o país atingisse o atual estágio de crescimento, reduzindo as desigualdades e aumentando a força de sua economia.

O economista defendeu também a importância do STF e da Justiça para a manutenção da ordem e organização do crescimento. Ainda afirmou que é necessário haver confiança entre o setor público e o privado para que o crescimento do país seja duradouro e sustentável.

Encerrando sua exposição, Delfim Netto disse que "a única forma de prever o futuro é construí-lo". Algumas perguntas se seguiram e a inauguração foi finalizada com um coquetel oferecido a todos os presentes.

___________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 5/12/2012 07:18