segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Operação Monte Carlo

Cachoeira volta a ser preso em Goiânia

Cachoeira estava solto desde o dia 20 de novembro, quando caiu a prisão preventiva em relação à Operação Saint-Michel.

sábado, 8 de dezembro de 2012

O juiz Federal Alderico Rocha Santos, da 11ª vara de Goiás, condenou Carlinhos Cachoeira a 39 anos e oito meses de prisão e determinou sua volta para a cadeia, efetuada na tarde de sexta-feira. O empresário deixara a prisão havia apenas 16 dias.

A sentença é fruto da Operação Monte Carlo, da PF. Nela, o magistrado afirmou que Cachoeira cometeu crimes de corrupção ativa, peculato e formação de quadrilha.

Segundo informações da JF de Goiás, Cachoeira foi levado para a Superintendência da PF em decorrência do mandado de prisão preventiva expedido pelo magistrado.

O processo em curso na 11ª vara Federal é o principal entre as acusações contra Cachoeira e envolve formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, peculato e violação de sigilo, crimes apontados pela PF e pelo MPF.

Cachoeira estava solto desde o dia 20 de novembro, quando caiu a prisão preventiva em relação à Operação Saint-Michel, que tramita no Distrito Federal. Ele tinha sido preso no dia 29 de fevereiro.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 8/12/2012 08:01