sábado, 27 de fevereiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Pesquisa de preço

Procon/SP suspende publicidade das Lojas Cem por uso indevido de dados do órgão

Rede utilizou pesquisa de preços de eletrodomésticos elaborada pelo órgão.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

A Fundação Procon/SP notificou as Lojas Cem e determinou a suspensão de publicidade da rede por uso indevido de pesquisa de preços de eletrodomésticos elaborada pelo órgão. A empresa pretendia usar os dados para destacar a diferença entre seus preços e os praticados pela concorrência.

De acordo com o Procon, no entanto, o estudo, que adverte ser vedada a utilização do material para fins publicitários, foi realizado em oito estabelecimentos varejistas, visando apenas a divulgação do valor médio dos produtos encontrados, dentro do universo dos estabelecimentos pesquisados, para servir como referência para o consumidor.

Para o diretor executivo do Procon/SP, Paulo Arthur Góes, a empresa cometeu prática abusiva ao utilizar indevidamente os dados de pesquisa de preços em publicidade de seus produtos. A prática induz o consumidor a acreditar que o órgão avaliza seus procedimentos e preços. O Procon está averiguando a extensão da propaganda feita citando dados da pesquisa e a empresa pode ser autuada e receber multa entre R$ 450 e R$ 6,5 milhões.

Segundo Góes, "A pesquisa é divulgada exatamente para que o consumidor exerça seu direito de escolha, sabendo que entre as lojas os preços têm diferenças significativas. É uma ferramenta para evitar os abusos e não para beneficiar qualquer empresa".

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 10/12/2012 15:34