sábado, 5 de dezembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

dr. Pintassilgo

dr. Pintassilgo: Ceilândia/DF

Circunscrição judiciária surgiu em 1971 a partir de uma campanha de erradicação de invasões.

terça-feira, 2 de abril de 2013

Em visita ao DF, o dr. Pintassilgo foi conhecer Ceilândia e ouviu o que a juíza de Direito Zoni Siqueira Ferreira, o promotor de Justiça Irênio da Silva Moreira Filho e o presidente da OAB Edmilson Francisco de Menezes tinham a dizer sobre a circunscrição judiciária.

História

Em 1969, com apenas nove anos de fundação, Brasília já tinha 79.128 favelados morando em 14.607 barracos. Naquele ano, foi realizado na capital Federal um seminário sobre problemas sociais no DF. O favelamento foi o mais gritante. Reconhecendo a gravidade do problema e suas consequências, o governador Hélio Prates da Silveira solicitou a erradicação das favelas à Secretaria de Serviços Sociais, encabeçada por Otomar Lopes Cardoso. No mesmo ano, foi criado um grupo de trabalho, que mais tarde se transformou na Comissão de Erradicação de Favelas, para comandar a CEI - Campanha de Erradicação das Invasões, presidida pela primeira-dama, dona Vera de Almeida Silveira.

Em 27 de março de 1971, o governador Hélio Prates lançou a pedra fundamental da nova cidade. O secretário Otomar Lopes Cardoso deu à região administrativa o nome de Ceilândia, inspirado na sigla CEI e no sufixo norte-americano "lândia", que significa cidade.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 1/4/2013 13:49