segunda-feira, 30 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Novo ministro

Ministro Barroso discursa após posse

Barroso ressaltou que está indo para o Supremo para fazer o que acha bom e correto.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Depois de sua posse no STF, o ministro Luís Roberto Barroso discursou por aproximadamente 10 minutos, ao lado da mulher e dos filhos.

"Que eu possa ter virtude. O bem para um juiz é ser íntegro e ser capaz de identificar onde está a justiça. Peço inspiração para identificar em cada caso concreto onde está o bem, coragem moral para fazer aquilo que tenho que fazer. Fazer o bem e ter a coragem de fazer o bem", afirmou o ministro.

Barroso ainda ressaltou que está indo para o Supremo para fazer o que acha bom e correto. "Não há nenhuma possibilidade de agradar todo mundo. A gente deve fazer o que acha certo em qualquer lugar".

O ministro agradeceu a presença de seus parentes, colegas de faculdade, ex-alunos e professores da UERJ e ao encerrar o discurso, Barroso convocou: "Agora vamos dançar!".

A festa foi animada por uma banda de rock formada por juízes do RS, chamada "Judges". que animou a pista de dança com músicas de Lulu Santos e de grupos internacionais.

O ministro passou mais de três horas na entrada da festa recebendo cumprimentos de advogados, integrantes do MP, da Defensoria Pública, dos tribunais superiores e de associações. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, e os ministros do STF Ricardo Lewandowski, Teori Zavascki, Dias Toffoli e Marco Aurélio Mello compareceram.

Perfil

Casado e pai de dois filhos, Barroso nasceu na cidade em Vassouras/RJ em 11/3/58. Ele deixou o escritório de advocacia que mantinha e o cargo de procurador do RJ para assumir o cargo de ministro.

É formado em direito pela UERJ, onde atualmente é professor. Também leciona, como professor visitante, na UnB. Fez pós-doutorado na Universidade de Harvard e mestrado na Universidade de Yale, nos EUA.

Entre os livros publicados por Barroso estão "O direito constitucional e a efetividade de suas normas", "Direito Constitucional Brasileiro - O problema da federação", e "O controle de constitucionalidade no direito brasileiro".Autoridades comentam a posse do ministro Luís Roberto Barroso no STF

Confira os depoimentos de diversas autoridades que participaram da posse

Ministro da Justiça: José Eduardo Cardozo

"O ministro Barroso é um dos maiores constitucionalistas da nossa história. É uma pessoa que tem uma visão acadêmica, humanista. É um democrata e, portanto, uma pessoa diferenciada no cenário jurídico brasileiro. Tenho a absoluta certeza de que o Supremo Tribunal Federal, a maior Corte do País, recebe um nome que está à altura desse Tribunal e terá como magistrado, sem sombra de dúvida, uma atuação tão relevante e significativa como teve no mundo acadêmico e na advocacia."

Presidente do Senado Federal: Renan Calheiros

"Nós estamos vendo um grande momento do Supremo Tribunal Federal pelo que representa o ministro Barroso para o País."

Presidente da Câmara dos Deputados: Henrique Eduardo Alves

"A presidenta Dilma foi muito feliz na escolha do ministro Luís Roberto Barroso para o Supremo Tribunal Federal. Um nome que era pouco ventilado, que não realizou trabalho de bastidor nenhum e que foi escolhido por seus méritos, pela sua história, e que certamente engrandecerá muito o STF."

Procurador-geral da República: Roberto Gurgel

"Vejo como extremamente importante a chegada do ministro Barroso ao Supremo Tribunal Federal. É um jurista consagrado, é um professor muito bem conceituado e, o que é igualmente relevante, é um homem com ideias avançadas e progressistas, que trará esse conjunto de virtudes para o seu trabalho no Supremo Tribunal Federal. É mais uma aquisição importante para o Supremo e que, certamente, fará com que a Corte continue a cumprir, cada vez mais intensamente, a sua missão constitucional."

Advogado-geral da União: Luís Inácio Adams

"O ministro Barroso é um jurista que tem se projetado no nosso País como constitucionalista, como defensor de grandes temas nacionais. Eu acho que essa experiência que ele traz, pela bagagem jurídica, pela bagagem histórica e profissional que ele tem, vem engrandecer o Supremo na sua função de tratar dos grandes temais nacionais. Acho que o ministro Barroso, seja por ser o constitucionalista que é, seja por ser jurista, grande advogado e a figura humana que é, vem a contribuir muito para o nosso País e, particularmente, para o Supremo Tribunal Federal."

Presidente do TST: Carlos Alberto Reis de Paula

"A posse do ministro Luís Roberto Barroso tem um significado histórico muito importante: ela representa a valorização de um profissional exemplar. Com a chegada dele ao Supremo Tribunal Federal, ganha toda a sociedade brasileira. O Poder Judiciário se engrandece, mas é a sociedade a maior beneficiária. Não é à toa que a indicação da presidenta da República recebeu aplausos de todos."

Presidente do Conselho Federal da OAB: Marcus Vinicius Furtado Coêlho

"O ministro Barroso é mais um advogado no Supremo Tribunal Federal. A advocacia, que já possui grandes quadros na Suprema Corte do nosso País, passa a somar com a inteligência do advogado militante, do professor emérito, do constitucionalista reconhecido. Sua capacidade, sua dedicação ao estudo, sua devoção à Constituição da República são qualidades que apontam a uma certeza de um bom desempenho na jurisdição da Corte guardiã da Constituição da República. A Ordem dos Advogados do Brasil parabeniza a presidente da República por essa sua feliz escolha e agora parabeniza o Supremo Tribunal Federal por este acréscimo qualitativo em seus quadros."

Juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos: Roberto Caldas

"Luís Roberto Barroso, além de jurista, é um vocacionado a ser ministro do Supremo. Quem conhece Luís Roberto Barroso há muito tempo, logo identifica nele os traços próprios de um grande ministro do Supremo, como certamente será. É um humanista, um homem apegado aos princípios constitucionais, de forma que a expectativa do mundo jurídico, e da Nação brasileira, certamente, é a melhor. Luís Roberto certamente pontificará como um dos grandes nomes do Supremo."

Ministro aposentado do STF: Carlos Ayres Britto

"Foi uma posse muito bonita, porque Luís Roberto Barroso é nome para ficar na história. Ele tem um lugarzinho já reservado na história, porque é um jurista portentoso, um ser humano admirável, um humanista por excelência, devotado à causa pública, progressista, e certamente dará demonstração tanto de honradez imaculada quanto de soberana independência."

Ministro aposentado do STF: Ilmar Galvão, ministro aposentado do STF

"Não poderia haver nome mais adequado para ministro do Supremo, porque Luís Roberto Barroso é um dos maiores constitucionalistas brasileiros, e este Tribunal é o defensor da Constituição. Sua presença vai ser marcante na história do Supremo."

Ministro aposentado do STF: Francisco Rezek

"Luís Roberto Barroso é um dos maiores publicistas do Brasil contemporâneo, e já demonstrou isso das mais variadas formas, sempre com um poder de convencimento extraordinário e uma elegância impecável. Foi um momento de festa o da sua posse no STF, porque é uma unanimidade o reconhecimento de suas virtudes, qualidades e talentos, que fazem dele um grande nome para o STF neste início de século. Isso é unanimemente proclamado por toda a comunidade jurídica, a começar pelos membros já presentes do STF, porque todos conhecem seu trabalho e personalidade."

Ministro aposentado do STF: Carlos Velloso

"A posse do ministro Luís Roberto Barroso transporta a comunidade jurídica para o paraíso. Realmente, foi muito bem recebida a nomeação e estamos todos hoje felizes aqui."

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 27/6/2013 07:30