terça-feira, 1 de dezembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Diplomacia

Saída de Patriota após fuga de senador boliviano estampa jornais nesta terça-feira

A presidente aceitou a demissão do chanceler ontem.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Os jornais desta terça-feira, 27, estampam a saída de Antonio Patriota do ministério das Relações Exteriores.

Crise diplomática

A presidente Dilma aceitou, nesta segunda-feira, 26, o pedido de demissão do ministro Antonio de Aguiar Patriota, e indicou o representante do Brasil junto às Nações Unidas em Nova York, embaixador Luiz Alberto Figueiredo, para ser o novo ministro das Relações Exteriores.

A saída de Patriota é resultado da crise instalada após o senador boliviano Roger Pinto Molina, asilado há um ano na embaixada brasileira em La Paz, ser trazido para o Brasil em carro oficial brasileiro, sem autorização da Bolívia para deixar o país.

De acordo com a nota divulgada, Dilma agradeceu a dedicação e o empenho do ministro Patriota "nos mais de dois anos em que permaneceu no cargo e anunciou a sua indicação para a Missão do Brasil na ONU".

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 27/8/2013 09:07