sábado, 16 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Estatística

CNJ inicia Censo Nacional do Poder Judiciário

terça-feira, 27 de agosto de 2013

O CNJ convocou os 272 mil servidores do Judiciário brasileiro para o I Censo Nacional do Poder Judiciário, que pretende traçar um perfil dos magistrados e dos servidores de todos os órgãos da Justiça. O censo foi aberto oficialmente nesta segunda-feira, 26, em cerimônia no plenário do Conselho.

Até as 11h desta terça-feira, 27, 16.279 servidores (6% do total) já haviam respondido o questionário. Só no primeiro dia, aproximadamente 12 mil pessoas participaram do levantamento.

A conselheira Maria Christina Peduzzi, responsável pelo lançamento, afirmou que o censo "não se trata apenas de um movimento estatístico; os dados se transformarão em conhecimento. Saber quem são os magistrados e servidores possibilitará que formemos uma rede, uma comunidade pela Justiça. E a excelência na prestação jurisdicional depende da excelência dos servidores e dos magistrados".

Já o conselheiro Emmanoel Campelo, também presente na cerimônia de abertura do Censo do Poder Judiciário, reforçou a importância do questionário pioneiro, lembrando que ele servirá como um diagnóstico humano da Justiça. "É uma fotografia inédita do Judiciário, que permitirá ao CNJ traçar metas que atinjam sua função maior que é a de alcançar a excelência na prestação jurisdicional", explicou.

Com aproximadamente 26 perguntas, o questionário está no site CNJ na e ficará à disposição dos servidores até 11/10. Posteriormente, outro questionário será disponibilizado apenas aos magistrados.

As informações coletadas no questionário são sigilosas e só serão divulgadas em estatísticas.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 27/8/2013 09:31