terça-feira, 1 de dezembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Pesquisa

Censo do Poder Judiciário termina nesta segunda-feira

Elaborada pelo CNJ, a pesquisa tem como objetivo traçar o primeiro retrato dos servidores no país.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Termina nesta segunda-feira, 21, o prazo para que os servidores do Judiciário possam responder ao "Censo Nacional do Poder Judiciário". Elaborada pelo CNJ, a pesquisa tem como objetivo traçar o primeiro retrato dos servidores no país.

"O censo é uma oportunidade que os servidores têm para expressar opiniões sobre suas condições de trabalho, assim como manifestar sobre questões que possam aprimorar o funcionamento da Justiça, como um todo", afirmou Thamara Medeiros, diretora Técnica do DPJ - Departamento de Pesquisas Judiciárias, órgão responsável pela elaboração do censo.

Disponível para o servidor desde agosto, o censo já foi respondido por mais de 60% dos servidores da Justiça, o que representa mais de 170 mil pessoas.

"A grande adesão dos servidores ao Censo Nacional do Poder Judiciário demonstra que nosso objetivo foi compreendido pelo trabalhador da Justiça. Quanto mais conhecermos nossa Justiça, mais teremos capacidade de melhorar nossos instrumentos de trabalho e, dessa forma, fornecer uma prestação jurisdicional à altura do cidadão brasileiro", elogiou a diretora-executiva do DPJ, Janaína Penalva.

O censo foi aplicado em todas as unidades judiciárias brasileiras, nos 91 tribunais e três conselhos, por meio eletrônico. As perguntas aplicadas visam medir, dentre outros pontos, o grau de envolvimento dos servidores com as atividades, o nível de satisfação com as funções e com o tribunal onde trabalha, a média de horas trabalhadas no dia, nível de escolaridade e estado civil.

Em novembro, um censo específico será lançado pelo CNJ para alcançar os 17 mil magistrados brasileiros.

Para responder ao censo, acesse o site do CNJ.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 21/10/2013 08:21