quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Homenagem

Ministra Delaíde Arantes concorre a prêmio "Faz Diferença 2013"

O prêmio, de iniciativa d´O Globo, homenageia os brasileiros que contribuíram com seu trabalho e talento para mudar o país.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

A ministra Delaíde Miranda Arantes, do TST, é uma das concorrentes, na categoria Economia, ao prêmio "Faz Diferença", que homenageia brasileiros que contribuíram com seu trabalho e talento para mudar o país. De iniciativa do jornal O Globo, a honraria indica pessoas que, no ano passado, se destacaram na mídia pela atuação em suas áreas.

Disputam o prêmio com Delaíde o diplomata Roberto Azevêdo e o empresário Jorge Paulo Lemann. A votação popular para escolha do vencedor, que teve início no fim de novembro passado, se encerra no próximo dia 12. Os três candidatos serão submetidos ainda a júri de jornalistas do matutino e do vencedor na categoria em 2012.

No ano passado, a ministra foi a vencedora, por merecimento, do Prêmio Cláudia na categoria Políticas Públicas. A publicação relatou que a força de Delaíde ficou conhecida em Genebra, em 2011, quando contou sua história às delegações que escreveriam a convenção sobre o trabalho decente para os domésticos, profissão exercida por Delaíde para custear o estudo na universidade. Na OIT, a ministra defendeu que os Estados deveriam oferecer ensino fundamental, médio e superior aos profissionais que lavam, passam e cozinham.

Delaíde Arantes, que votou no TST a favor da extensão do direito de estabilidade à gestante em contrato temporário e em qualquer categoria, é uma das cinco mulheres que serão premiadas, em março, com o Diploma Mulher-Cidadã Bertha Lutz, que homenageia a defesa das causas femininas.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 9/1/2014 09:40