terça-feira, 27 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Área de fusão e aquisição movimenta R$ 103 bi no primeiro semestre

O escritório TozziniFreire Advogados atuou em 19% das transações.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Entre janeiro e julho deste ano, o Brasil movimentou R$ 103,6 bilhões em transações de Fusões e Aquisições, segundo a Transactional Track Record (TTR) -- consultoria internacional especializada em análise de dados de mercado.

O escritório TozziniFreire Advogados assessorou 15 operações de M&A, que totalizaram R$ 19,679 bilhões, de 19% do volume total de transações.Entre as principais operações assessoradas pela banca estão:

  • Oferta do Banco Santander para adquirir 25% das ações de sua subsidiária brasileira, no valor de R$ 15,1 bilhões ;
  • Compra das empresas controladas da Oi (Telemar Norte Leste e BRT Serviços de Internet) pela SBA Torres (R$ 1,2 bilhão);
  • Operação em que a SGS (empresa controlada pelo Santander) adquiriu a Getnet, por R$ 1,1 bilhão;
  • Acordo para compra de 50% do shopping JK Iguatemi, pelo valor de R$ 636 milhões, assinado pelo fundo de pensão TIAA-CREF (assessorado por TozziniFreire) e pelo Iguatemi;
  • Oferta pela Unaquita de sete Unidades Produtivas Independentes (UPIs) detidas pela LBR Lácteos Brasil e por outras companhias do Grupo LBR que estão sob processo de reorganização judicial (535 milhões);
  • Venda da Scopus pelo Bradesco para a IBM.

A expectativa para o segundo semestre é que a área de Fusões e Aquisições movimente, pelo menos, R$ 20 bilhões. Para os sócios coordenadores da área, Darcy Teixeira Junior e Marcela Ejnisman "a expectativa se justifica por três razões: ainda existem diversos negócios em andamento, o escritório tem sido procurado para trabalhar em novos assuntos e alguns setores começam a mostrar movimentos que podem levar a aumento nas transações".

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 3/9/2014 08:58