domingo, 25 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

PLC 28/15

Dilma tem até hoje para sancionar ou vetar reajuste do Judiciário Federal

Presidente também deve definir até hoje destino de PLV 7/15, que modifica a tabela do IR.

terça-feira, 21 de julho de 2015

A presidente Dilma Rousseff tem até esta terça-feira, 21, para sancionar ou vetar o projeto de lei que estabelece reajuste escalonado para os servidores do Judiciário Federal.

Sopitando na gaveta da presidente desde o começo de julho, o PLC 28/15, que traz a previsão, divide espaço com o PLV 7/15, que modifica a tabela do IR e cuja data limite para deliberação também é hoje.

Projeto

Ementa

Chegada

Data final

PLV 7, de 2015 (MP nº 670/15)
Autor: MF

Altera as Leis nos 11.482, de 31 de maio de 2007, para dispor sobre os valores da tabela mensal do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, 7.713, de 22 de dezembro de 1988, 9.250, de 26 de dezembro de 1995, e 10.823, de 19 de dezembro de 2003.

1/7/15

21/7/15

PLC 28, de 2015 (nº 7.920/14 na Câmara dos Deputados)
Autor: STF

Altera o Anexo II da Lei no 11.416, de 15 de dezembro de 2006 - Plano de Carreiras dos Servidores do Poder Judiciário da União, e dá outras providências.

1/7/15

21/7/15

Reajuste JF

De acordo com o PLC 28/15, fica previsto um aumento que vai variar de 53% a 78,56%, conforme a classe e o padrão do servidor. O reajuste deverá ocorrer em seis parcelas sucessivas, entre julho de 2015 e dezembro de 2017, e também dependerá da existência de dotação orçamentária e autorização específica na lei de diretrizes orçamentárias.

Em contrapartida ao aumento, os órgãos do Poder Judiciário terão de se esforçar para racionalizar suas estruturas administrativas e reduzir os gastos com funções de confiança no prazo de um ano.

Reajuste IR

O PLV 7/15, por sua vez, promove um reajuste escalonado por faixas das tabelas do IRPF. De acordo com o texto, são quatro faixas de reajuste, de acordo com a faixa salarial do contribuinte: 6,5%, 5,5%, 5% e 4,5%. No caso, quanto menor for a faixa, maior será a correção.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 21/7/2015 08:45