sábado, 28 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Tratamento

Juiz recebe advogado e jurisdicionado sem licença prévia: "Empurre a porta do gabinete"

Magistrado do AM afirma que não há necessidade de prévia autorização de funcionário da vara.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

O juiz de Direito Erivan de O. Santana, do 13º Juizado Especial Criminal de Manaus/AM, deixou claro ao jurisdicionado qual o tratamento que dispensa aos cidadãos e advogados: "use o seu direito de cidadania" e "empurre a porta do gabinete". O magistrado assegura que o causídico não precisa de autorização prévia de funcionário da vara para falar S. Exa.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 26/11/2015 15:34