terça-feira, 19 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Entrevista

Especialista em direito digital analisa conveniência de criptografia de informações

Segundo Rony Vainzof, criptografia é importante para a privacidade daqueles que não querem ser espionados e não são criminosos.

sábado, 26 de dezembro de 2015

A criptografia ou "escrita escondida" permitiu aos usuários de internet maior segurança e privacidade ao navegar pela internet ou trocar mensagens em aplicativos pelo celular. Trata-se de um conjunto de regras que visa codificar a informação de forma que só o emissor e o receptor consigam decifrá-la.

Mas, até que ponto a privacidade dessas mensagens podem afetar nossa segurança?

Neste sentido, é sabido que a utilização de ferramentas criptografadas também pode facilitar atitudes ilícitas na internet e dificultam as investigações para rastreamento da origem dessas mensagens.

O especialista em direito digital e sócio do escritório Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados Associados, Rony Vainzof, explica que "infelizmente criminosos também utilizam ferramentas criptografadas para se comunicar, podendo inviabilizar as investigações".

"Por outro lado, a criptografia é importante para a privacidade daqueles que não querem ser espionados e não são criminosos. É preciso existir um equilíbrio entre a privacidade do usuário e também na segurança, viabilizando as investigações."

Vainzof acrescenta que existem propostas para que SE tenha um bom senso entre a privacidade e a segurança das informações na internet. Uma delas, discutida nos EUA e em outros países, é a possibilidade de utilizar backdoor, sistema que permite recuperar informações codificadas.

Por isso, é preciso avaliar a inconveniência da criptografia com os benefícios de segurança que ela traz para as comunicações e documentos confidenciais.

___________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 23/12/2015 07:18