terça-feira, 24 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Moro x Odebrecht

TRF da 4ª região determina que Moro analise requerimentos de Marcelo Odebrecht

Juiz havia indeferido apresentação dos documentos por atraso no prazo.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

O TRF da 4ª região determinou que o juiz Federal Sérgio Moro analise as teses e requerimentos apresentados pela defesa do executivo Marcelo Odebrecht. Moro havia indeferido a apresentação dos documentos por atraso no prazo.

Na petição apresentada em 21/1, a defesa de Odebrecht contestava prova sobre a qual não teve acesso, e formulou diversos "requerimentos importantes".

Segundo os advogados, Moro teria concedido prazo de cinco dias para que as partes se manifestassem sobre documentos juntados, "bem como para requerer o que entendessem de direito". Entretanto, o juiz negou a análise dos documentos apresentados, alegando que a instrução ordinária e a complementar estavam encerradas e que as questões colocadas pelos procuradores se referiam a etapas anteriores do processo e não aos documentos recentes.

Em análise do recurso, o relator, juiz Federal convocado Nivaldo Brunoni considerou que, "embora a decisão, aparentemente, esteja voltada para manifestações sobre os elementos juntados aos autos pela Petrobras, o fato é que deixa margem à interpretação diversa, pois dentre os eventuais documentos anteriormente apresentados poderiam se encontrar aqueles produzidos em fase anterior, sobre os quais a parte, agora, pretende que se manifeste o juízo".

Além disso, observou que Sérgio, ao fixar o prazo de 5 dias também para verificar se as partes "ainda têm algo a requerer", não especificou que os requerimentos deveriam se referir unicamente sobre os documentos trazidos pela Petrobras.

"Sendo assim, trazendo a decisão impugnada dúvida razoável quanto ao alcance, melhor é a interpretação favorável ao réu, a fim de evitar a ocorrência de cerceamento de defesa."

Confira a decisão.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 15/2/2016 09:14