quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Copeiragem

TJ/RJ autoriza abertura de licitação para serviço de copa no valor de R$ 13 milhões

Servidores que sofrem com atrasos salariais recorrerão ao CNJ a fim de barrar contratação.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

O presidente do TJ/RJ, desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, autorizou a instauração de procedimento licitatório para a prestação de serviços de copeiragem para atender aos magistrados, aos conselhos de sentença dos quatro tribunais do Júri da Comarca da capital, e aos eventos da presidência do Judiciário no RJ pelo prazo de dois anos. O valor estimado para o serviço é superior a R$ 13 milhões.

A decisão foi publicada na última quinta-feira, 22, no DJE do Tribunal. De acordo com o texto, o a contratação inclui serviços de copeiragem com fornecimento de mão de obra qualificada composta de armazenistas, supervisores de unidades de copeiragem (UC), copeiras, garçons líderes de turma e garçons, bem como de materiais, equipamentos e insumos.

O documento prevê licitação na modalidade pregão, na forma eletrônica e do tipo menor preço. Veja a íntegra.

Revolta

A abertura de licitação causou indignação em servidores do Judiciário que sofrem com atrasos salariais devido à insuficiência dos cofres do Estado.

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (Sind-Justiça) afirmou que recorrerá ao CNJ a fim de barrar a contratação.

O diretor da entidade, Alzimar Andrade, acredita tratar-se de "um gasto desnecessário para servir magistrados, quando os servidores estão em greve e não recebem corretamente os seus direitos trabalhistas". "Não faz o menor sentido. Eles vivem em um mundo à parte", protestou.

Veja a decisão.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 27/12/2016 14:59