quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Em entrevista, Roberto Busato repudia PEC da aposentadoria compulsória

X

quarta-feira, 21 de junho de 2006


Aposentadoria

Em entrevista, Roberto Busato repudia PEC da aposentadoria compulsória


O presidente nacional da OAB, Roberto Busato condenou, durante entrevista, a proposta que tramita no Congresso Nacional elevando de 70 para 75 anos o limite de idade para o exercício da magistratura inclusive para a nomeação de desembargadores e ministros de Tribunais e para a aposentadoria compulsória do servidor público em geral. "Um retrocesso absurdo e inadmissível em nossa legislação, principalmente no que se refere ao Judiciário deste País", afirmou Busato lembrando que o ressurgimento desse debate no cenário político, além de estranho, tem a inteira repulsa da OAB. Conhecida como "PEC da Bengala", a proposta está sendo discutida em comissão especial da Câmara, presidida pelo deputado Jader Barbalho.


Além da OAB, as entidades representativas da magistratura também repudiam a proposta. A Ajufe, a AMB e a Anamatra decidiram unir forças para lutar contra a aprovação da PEC que eleva de 70 para 75 anos o limite de idade para o exercício da magistratura. O presidente da Ajufe, Walter Nunes, afirma que a proposta "engessa a progressão na magistratura".


Nunes manteve encontro com a presidente em exercício da AMB, Andréa Pachá, para definir a atuação conjunta das duas entidades para evitar que a proposta seja aprovada no Congresso. Para tratar do mesmo assunto, ele reuniu-se na semana passada com o presidente da Anamatra, José Nilton Pandelot.
__________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 21/6/2006 08:36