sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

CADE reconhece que Souza Cruz não descumpriu Termo de Compromisso de Cessação

sexta-feira, 23 de junho de 2006

 

Processo arquivado

 

CADE reconhece que a empresa Souza Cruz não descumpriu Termo de Compromisso de Cessação

 

O plenário do CADE decidiu esta semana (21/6) que a Souza Cruz cumpriu o Termo de Compromisso de Cessação (TCC) firmado em 2000, cujo principal compromisso foi a eliminação da prática de exclusividade de vendas dos contratos com estabelecimentos varejistas.

 

O CADE decidiu que os contratos firmados pela Souza Cruz durante a vigência do Termo de Compromisso cumpriram os termos e condições acordados com o órgão.

 

A Phillip Morris, principal concorrente da Souza Cruz no mercado formal, acusou a empresa de ter violado o TCC, pela realização de contratos de exclusividade de merchandising, com cláusula de exclusividade de exposição de produtos. Estas acusações não foram acolhidas pelo órgão, que decidiu arquivar definitivamente o processo, sustentando a validade dos contratos.

 

Segundo Antonio Rezende, diretor jurídico da empresa, "o arquivamento do processo evidencia a soberania e a capacidade técnica dos Conselheiros do CADE, que não permitiram que o Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência se transformasse em tribunal para dirimir contendas privadas".

 

Antonio Rezende ressalta que "a decisão de hoje ratifica a segurança jurídica no mercado e retrata a grande preocupação dos Conselheiros com a solidez de suas decisões".

________

 

PA nº 08012.003303/98-25

 

REPRESENTANTE: Philip Morris Brasil Indústria e Comércio Ltda

 

REPRESENTADA: Souza Cruz S.A.

 

Despacho que adota a Nota Técnica CAD/CADE nº 009/2006(clique aqui), que avalia o cumprimento das obrigações firmadas no TCC e conclui pelo arquivamento do Processo Administrativo, nos termos do art. 53, § 2o da Lei 8.884/94 (clique aqui). O despacho foi homologado por maioria.

________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 23/6/2006 08:25