terça-feira, 20 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Promoção

Correspondente premiado

O objetivo desse livro é analisar o direito ao acesso a medicamentos, bem como o direito às patentes farmacêuticas sob a óptica dos direitos humanos, com ênfase ao desenvolvimento sustentável.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Seção "Correspondentes"

Nesta seção os causídicos autônomos e escritórios de advocacia poderão buscar nomes para auxiliá-los, como "Correspondente", em outras comarcas, bem como aqueles que quiserem se oferecer para prestar serviço desta natureza a estes profissionais e a estas respeitadas bancas poderão se cadastrar como "Correspondentes".

Além de prestar serviços a escritórios e advogados autônomos, o migalheiro "Correspondente" ainda conta com o benefício de semanalmente ser premiado com uma grande obra jurídica para engrandecer sua biblioteca.

Confira logo abaixo o Correspondente premiado desta semana.

_____________


De forma sistêmica, a autora expõe sobre a proteção dada ao acesso a medicamentos, às patentes farmacêuticas e ao desenvolvimento, seja pela ordem internacional ou jurídica nacional. O intuito da obra é analisar sobre o direito ao acesso a medicamentos e o direito às patentes farmacêuticas. Ela
ainda explana que o direito à propriedade intelectual não deve ser ilimitado ou absoluto, uma vez que tem uma função social. A análise do direito ao acesso a medicamentos e o direito às patentes farmacêuticas é discutido sob a óptica dos direitos humanos.



_____________


*Mônica Auxiliadora Mesquita Cardoso, correspondente em Alfenas/MG.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 30/1/2018 16:48