quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

VI Fórum Jurídico de Lisboa

Professor da Universidade de Lisboa comenta caso Sócrates e compara STF e Tribunal Constitucional

Assista ao vídeo.

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Em entrevista à TV Migalhas durante o segundo dia do VI Fórum Jurídico de Lisboa, o professor catedrático da faculdade de Direito de Lisboa Carlos Blanco de Morais comentou sobre a repercussão da prisão do ex-primeiro-ministro José Sócrates, por crime de corrupção em alto escalão. O docente afirmou que não houve reação popular, a nível de mobilização de massas, quando o ex-primeiro-ministro foi detido.

Segundo Carlos Blanco, apenas algumas romarias, pouco expressivas, por parte dos adeptos do ex-primeiro-ministro aconteceram. Assista:

O professor português também fez um comparativo entre o STF e o Tribunal Constitucional português. Carlos Blanco falou sobre a atuação do Tribunal Constitucional durante a época de crise país, atuando "quase que como um poder moderador".

Já ao discorrer sobre a atuação do STF, o docente afirmou que a Suprema Corte brasileira tem concentrado vários poderes do Estado, passando a atuar como um agente político. "Eu acho que o período de engrandecimento do STF atingiu o seu pico; entramos em uma fase em que o próprio, como agente político, vai ser questionado."

Assista:

__________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 4/4/2018 10:14

LEIA MAIS