segunda-feira, 26 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

TSE proíbe propaganda eleitoral em transporte público

quinta-feira, 3 de agosto de 2006

 

Cartazes em ônibus

 

TSE proíbe propaganda eleitoral em transporte público

 

O TSE decidiu nessa terça-feira (1/8), na sessão plenária, que não é permitida a propaganda eleitoral por meio de cartazes afixados nos vidros de ônibus e demais veículos de transporte urbano. Em contrapartida, acrescentou que não há proibição para cartazes em carros particulares.

 

O entendimento foi firmado na resposta à Consulta 1323, formulada pelo deputado Ângelo Queiroz. O relator do questionamento, ministro Carlos Ayres Britto, entendeu que o referido cartaz em ônibus se assemelharia à propaganda em outdoor, modalidade proibida pela Lei 11.300/06 (clique aqui -minirreforma eleitoral).

 

O Plenário do TSE ainda julgou mais oito Consultas, mas não conheceu nenhuma delas. Entre as Consultas não respondidas - devido ao início do processo eleitoral - estão dúvidas sobre uso de propaganda em peças do vestuário; permissão para impressão e distribuição do Estatuto do Idoso, a pedido de um deputado; e necessidade de desincompatibilização de funcionários da Petrobras para disputarem cargos eletivos.

____________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 3/8/2006 09:22