sexta-feira, 30 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Promoção

Sorteio da obra "Memórias do Desenvolvimento da Arbitragem no Brasil"

O livro explica o contínuo aprimoramento da arbitragem no Brasil.

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

tA obra coletiva "Memórias do Desenvolvimento da Arbitragem no Brasil" (OAB - 287p.), organizada por Joaquim de Paiva Muniz, do escritório Trench Rossi WatanabeFlávia Bittar Neves, Francisco Maia Neto e Ricardo Ranzolin, contém entrevistas com vinte advogados renomados, membros da comunidade arbitral brasileira, acerca da vigência da Lei de Arbitragem no Brasil. O livro é brinde de Joaquim de Paiva Muniz.

"No período de vinte e dois anos, desde a edição da lei 9.307/96, o Brasil passou de um país em que o procedimento arbitral era quase desconhecido para uma das jurisdições mais dinâmicas e sofisticadas da matéria. Tornamo-nos referência em arbitragem, um imenso mercado para a advocacia, tanto na representação das partes quanto na atuação como árbitros. (...)

Diante disso, é um dever registrar a história do desenvolvimento da arbitragem no Brasil, desde a gênese da lei até os tempos atuais, pela voz de quem contribuiu e continua a contribuir decisivamente para tamanho êxito.

São ex-ministros do STF, professores e árbitros, todos hoje advogados atuantes, que, em outros tempos, levantaram a bandeira da arbitragem, não obstante o vento em sentido contrário, e fizeram a diferença. (...)" Claudio Lamanchia, advogado e presidente nacional da OAB. 

 

Sobre o organizador:

Joaquim de Paiva Muniz é sócio do escritório Trench Rossi Watanabe, membro do Conselho Seccional da OAB/RJ e presidente da Comissão de Arbitragem da mesma instituição. Diretor do Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem.

__________

Ganhadora:

Tamiris Souza, de SP.

___________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 25/9/2018 14:27