domingo, 29 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Eleições 2018

TSE: Matéria sobre esquema de WhatsApp na campanha de Bolsonaro não será retirada do ar

Para o ministro Sérgio Banhos, conteúdo não desequilibra disputa eleitoral

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

O Ministro Sérgio Silveira Banhos, do TSE, negou pedido de liminar feito pelo presidenciável Jair Bolsonaro e sua coligação no qual requeriam o direito de resposta e a retirada do ar de matéria publicada pelo jornal Folha de S.Paulo.

A reportagem afirmava que o candidato estaria sendo beneficiado por empresas que estariam comprando pacotes de envios de mensagens para realizarem propagandas em desfavor do PT, via WhatsApp. A prática configuraria crime eleitoral e caixa dois.  

t

Ao analisar o pedido, o ministro entendeu que o conteúdo da matéria não tem elementos suficientes que configurem transgressão capaz de desequilibrar a disputa eleitoral e ensejar a suspensão da reportagem.

Na decisão, Sérgio Banhos ressaltou a importância de se preservar a liberdade de imprensa, sobretudo no contexto das competições eleitorais. Para ele, o simples fato de a referida matéria ser investigativa não altera a sua natureza jornalística. "E, em termos de liberdade de imprensa, não se deve, em regra, suprimir o direito à informação dos eleitores, mas eventualmente conceder direito de resposta ao ofendido", asseverou.

Após indeferir o pedido, o ministro deu o prazo de um dia para que o jornal apresente sua defesa.

Veja a decisão.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 22/10/2018 08:28