segunda-feira, 26 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Ofício

Advogados públicos Federais apresentam a Bolsonaro lista tríplice para AGU

Fórum Nacional da Advocacia Pública Federal pede que presidente eleito considere nomes para cargo de chefe da AGU.

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

t

Nesta quarta-feira, 14, o Fórum Nacional da Advocacia Pública Federal - que congrega as carreiras de Procurador da Fazenda Nacional, Advogado da União e Procurador Federal - protocolou ofício endereçado ao presidente eleito, Jair Bolsonaro, solicitando que ele considere os nomes constantes na lista tríplice apresentada como opções técnicas para o cargo de chefe da AGU.

A lista é resultado de um amplo processo eleitoral realizado pelo Fórum no âmbito das três carreiras. O resultado da votação foi divulgado na última quinta-feira, 8. Os nomes mais votados de cada carreira foram Fabrício Da Soller, procurador da Fazenda Nacional; Izabel Vinchon, advogada da União; e Sérgio Bueno, procurador Federal.

De acordo com Achilles Frias, presidente do Fórum Nacional da Advocacia Pública Federal, a definição do cargo de advogado-Geral da União deve ser pautada pela técnica e não pelo apadrinhamento político: "Não há motivos para que seja escolhido um nome de fora da AGU. Somos oito mil Advogados Públicos Federais na ativa, todos extremamente qualificados. A AGU tem um status constitucional muito forte e não pode ter o posto de chefe maior utilizado para blindar o governo. O Advogado-Geral deve ser técnico, escolhido dentre os excelentes quadros da própria Advocacia-Geral da União." 

Achilles Frias destacou ainda a importância de a escolha de Jair Bolsonaro levar em conta os nomes que constam na lista, haja vista que ela é resultado de um processo eleitoral democrático ocorrido no âmbito da própria AGU.  

Confira a íntegra do ofício.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 14/11/2018 17:32