quinta-feira, 22 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Movimento Brasil Melhor: Vários candidatos compareceram para assinar escritura pública

X

terça-feira, 19 de setembro de 2006


Movimento Brasil Melhor

 

Vários candidatos compareceram para assinar escritura pública

 

Candidatos a deputado estadual e federal compareceram na manhã de ontem (18/9) na Associação Comercial do Paraná para assinar a escritura pública de compromisso com as propostas do Movimento Brasil Melhor, liderado pela OAB/PR e a ACP. Durante todo o dia, até às 17h, o documento esteve à disposição dos interessados em aderir à campanha. Pela escritura, os candidatos se comprometem a trabalhar para reduzir o número de cargos de confiança, discriminar os valores dos tributos nas notas fiscais e reduzir de 513 para 180 o número de deputados federais.

 

No Dia do Brasil Melhor, o movimento também recebeu o apoio da Associação de Ex-Governadores do Distrito LD-1, da Associação Internacional de Lions Clubes. O presidente da Associação de Ex-governadores, Cláudio Miessa Rigo, entregou ao presidente da OAB/PR, Manoel Antonio de Oliveira Franco, e ao presidente da ACP, Virgílio Moreira Filho, uma carta que oficializa o apoio da Associação às três principais propostas do Movimento Brasil Melhor. O atual governador do Distrito LD-1, Tosihiro Ida, e ex-governadores de Lions Clubes também estiveram presentes na entrega do documento.

 

Um cartório montou uma estrutura na ACP para a assinatura da escritura pública. Até o final da manhã, oito candidatos a deputado estadual e federal haviam assinado o documento: Cesar Luiz Gonçalves, Cibele Karam Bond, João Bizetto, Tadeu Veneri, Sérgio de Aragon Ferreira e Ademar Pereira. O candidato a deputado federal Eduardo Sciarra assinou um termo à parte, em que apóia as reivindicações do movimento, mas defende a diminuição do número de deputados de 513 para 342 (redução de um terço). A proposta já foi apresentada pelo deputado em projeto que tramita na Câmara Federal. O também candidato a deputado federal Cassio Taniguchi assinou o mesmo termo que Sciarra.

 

O presidente da OAB/PR acompanhou os trabalhos pela manhã e explicou os fundamentos da campanha. "Pela proposta de redução do número de cargos de confiança, queremos moralizar a administração pública", disse Manoel Antonio de Oliveira Franco. "Não nos basta impedir apenas a contratação de parentes; queremos acabar com qualquer tipo de favorecimento e garantir que os servidores sejam contratados por concurso público."

 

A discriminação dos valores dos tributos no valor das mercadorias é outra bandeira levantada pelo movimento Brasil Melhor. "O cidadão tem direito de saber quanto está pagando de impostos e onde esse dinheiro está sendo aplicado", afirma Cláudio Slaviero, ex-presidente da ACP e um dos coordenadores do movimento. "A população só vê investimento em mensalão, sanguessugas e não parece sobrar nada para o desenvolvimento do país."

___________

 

 

 

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 19/9/2006 07:31