segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Revelações - Lava Jato

PDT ajuíza ação no STF para impedir que Moro destrua provas obtidas por hackers

Para o partido, como a investigação está em andamento, o eventual descarte de provas violaria preceitos constitucionais.

terça-feira, 30 de julho de 2019

O PDT ajuizou ADPF no Supremo para impedir que Sergio Moro destrua provas colhidas pelos hackers presos pela PF. O objeto de questionamento na ação é a conduta atribuída ao ministro da Justiça, que teria informado a autoridades que o material obtido na investigação será descartado. 

t

Hackers

A operação Spoofing investiga suposta invasão de telefones e obtenção de dados de autoridades. Para o partido, como a investigação está em andamento, o eventual descarte de provas violaria preceitos constitucionais relativos ao devido processo legal, à legalidade e à moralidade, além de configurar abuso de poder e ofensa ao princípio da separação dos Poderes.

Na ação, o partido qualifica como "acinte" ao princípio do devido processo legal a "atuação arbitrária" de Sergio Moro ao afirmar que destruiria provas colhidas no contexto de uma investigação, pois a determinação não cabe ao ministro da Justiça, autoridade do Executivo, e sim ao Judiciário.

O PDT transcreve nota em que o presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha, uma das autoridades supostamente hackeadas, afirma que o ministro Moro havia informado que "o material obtido vai ser descartado para não devassar a intimidade de ninguém".

A ação está sob relatoria do ministro Luiz Fux.

Vazamentos

Migalhas reuniu, em site exclusivo, todas as informações e desdobramentos dos vazamentos envolvendo a operação Lava Jato. Acesse: vazamentoslavajato.com.br

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 30/7/2019 08:40

LEIA MAIS