sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Concorrência

Cade irá analisar se há concorrência desleal entre transportadoras de valores

Entidade encaminhou questionários para empresas do setor com objetivo de averiguar a evolução dos preços de serviços entre 2014 e 2018.

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Na última quarta-feira, 25, o Cade - Conselho Administrativo de Defesa Econômica enviou questionários a empresas de transporte de valores para apurar a evolução dos preços dos serviços prestados por elas entre os anos de 2014 e 2018. 

As transportadoras Brink's, Prossegur e Protege foram as empresas que receberam os questionários e deverão devolvê-lo até dia 2 de outubro. 

t

Para o advogado José Del Chiaro, do escritório Advocacia José Del Chiaro, os dados irão confirmar que essas empresas estão cobrando "preços excessivos nas licitações públicas, em detrimento do erário, em valores que chegam até 30% a mais para os bancos públicos" e estão realizando uma concorrência desleal com outras empresas do setor.  

O causídico, que representa a empresa TecBan junto ao Cade, explica que os preços excessivos impedem que outras companhias de segurança concorram nas licitações: 

"A TBForte, que pertence ao grupo TecBan, detém meros 8% do mercado do setor no país e tem sido alvo de diversas práticas abusivas e de várias tentativas para impedir que possa participar das licitações."

Del Chiaro explica que o Cade, ao dispor dos questionários às três maiores empresas do setor, poderá "abrir uma caixa de pandora e passar a limpo o setor do transporte de valores no Brasil"

Veja os questionários do Cade. 

_______________

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 30/9/2019 14:59