domingo, 29 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Tributário

Afastado IR sobre remessas a título de pagamento de serviços para empresa na Holanda

Liminar foi deferida para evitar bitributação.

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

O juiz Federal Haroldo Nader, de Campinas/SP, garantiu que empresa não seja compelida ao recolhimento de IR sobre remessas a título de pagamento de serviços para empresa sediada na Holanda.

t

Na liminar deferida, o magistrado anotou que o IRRF não pode ser exigido em face das Convenções Internacionais que seguem o modelo da OCDE, estabelecidas para evitar bitributação.

"Verifica-se que, nos referidos tratados internacionais, está previsto que o imposto incidirá apenas no exterior. Assim, o artigo 7º da Lei nº 9.779/1999, que confere tratamento tributário genérico dado pela lei nacional às remessas a prestadores de serviços domiciliados no exterior, não exclui o tratamento específico previsto em lei convencional, por acordos bilaterais, pelo que prevalece princípio da especialidade sobre a regra geral."

Assim, deferiu o pedido liminar, para evitar a bitributação. O escritório Brasil Salomão e Matthes Advocacia representa a empresa no mandamus.

Veja a decisão.

__________

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 3/10/2019 15:46