segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

16º Prêmio Innovare

Práticas vencedoras do 16ª Innovare são premiadas no STF

Foram premiadas e homenageadas iniciativas em nove Estados e no DF.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Nesta terça-feira, 3, o STF sediou a cerimônia de entrega do Prêmio Innovare de 2019 às práticas vencedoras da 16ª edição da premiação. Foram premiadas e homenageadas iniciativas em nove Estados e no DF, com temas que abrangem ressocialização prisional, proteção à mulher e ao meio ambiente, erro judiciário, acesso à magistratura e orientação profissional a jovens em casas de acolhimento, entre outros.

Ao todo, foram selecionadas 12 práticas escolhidas entre 617 iniciativas que estavam na disputa. A premiação é entregue anualmente às categorias Tribunal, Juiz, Advocacia, Justiça e Cidadania, Defensoria Pública e Ministério Público, além da premiação Destaque.

t

Vencedores

O Estado de SP tem três práticas entre as premiadas. As demais escolhidas para o prêmio máximo são dos estados de MT, MS e RR. Também foi premiada com o Destaque a prática "Ressocialização Prisional", de Curitibanos, em SC. Outras seis práticas, que receberam menção honrosa, são da BA, CE, SC, TO, RJ e do DF.

Confira as práticas vencedoras de cada categoria:

Categoria Destaque - Ressocialização no Sistema Prisional - Curitibanos/SC;

Categoria Tribunal - Trampo Justo - TJ/SP;

Categoria Juiz - Magistratura para Todos - juízes em parceria com a Associação dos Servidores do TJ/SP;

Categoria Ministério Público - Olha da Mata - Coibindo o desmatamento ilegal em tempo próximo ao real - MP/MS;

Categoria Defensoria Pública - Capacitação e Informação no Combate à Violência Obstétrica - Defensores públicos estaduais da DP/MT;

Categoria Advocacia - Innocence Project Brasil - Advogados Dora Cavalcanti, Rafael Tucherman e Flavia Rahal, de SP;

Categoria Justiça e Cidadania - Duas culturas e uma nação - Professora Simone dos Santos Catão - Boa Vista/RR.

"Os premiados deste ano são de alta qualidade. Estamos certos de que a necessidade crescente de aprimoramento da prestação jurisdicional gera ideias cada vez mais inovadoras e ousadas. O Innovare propõe-se a ser o catalisador que identifica, premia e dissemina essas iniciativas. O objetivo é contribuir para um sistema de justiça mais acessível e eficiente", afirma o diretor do Instituto Innovare, o advogado Sérgio Renault.

A cerimônia de premiação contou com a presença de mais de 200 convidados, entre os quais estavam diversas autoridades do Judiciário, representantes de instituições parceiras do Innovare e dos indicados ao Prêmio. As outras seis práticas finalistas comemoraram as menções honrosas.

Para a defensora pública Firmiane Venâncio, homenageada pela prática "Estágio Especial", que promove a inclusão de estagiários portadores de transtorno do espectro autista na Defensoria Pública da Bahia, a homenagem é importante:

"O Prêmio Innovare é o maior prêmio da justiça brasileira, que avalia com seriedade as práticas exitosas dentro do sistema de justiça. Para nós, é motivo de grande alegria, mas também de grande responsabilidade, que a nossa prática esteja ganhando o mundo através do Instituto Innovare. Inscrevemos o trabalho no Prêmio porque queremos divulgar essa prática, expandi-la para outras organizações para que tenhamos, em todo o país, iniciativas desenvolvidas ou inspiradas nesta que fazemos aqui."

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 4/12/2019 15:41