sábado, 28 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Compliance

CGU premia Amil por medidas de combate à corrupção

Companhia recebe o Selo Empresa Pró-Ética 2018/2019 devido à adoção de ações consistentes de promoção da integridade.

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

A Amil recebeu o selo de Empresa Pró-Ética 2018/2019, concedido pela CGU - Controladoria-Geral da União. A iniciativa busca fomentar no setor privado a adoção voluntária de medidas de integridade e de prevenção da corrupção. O anúncio foi feito durante a 1ª Conferência Internacional de Promoção da Integridade, em Brasília (DF). Com o reconhecimento, a empresa passa a fazer parte do seleto grupo de 26 companhias brasileiras diferenciadas pelo selo. 

t

De acordo com Luciana Servija, diretora de Compliance do UnitedHealth Group Brasil (controladora da Amil), a premiação é fruto do forte comprometimento da companhia no combate à corrupção e às fraudes. "A integridade é um dos nossos cinco valores corporativos e buscamos aplicá-la na prática por meio da promoção de programas de compliance e ética.  Entre as medidas que nos levaram a esse reconhecimento, destaco o processo de análise de terceiros que se relacionam com a companhia, a estrutura dos canais de denúncia, os ciclos de treinamento e o modelo de investigação independente, que garante credibilidade e sigilo", explica.

Para estimular a integridade dos seus colaboradores, a empresa implementou o programa de integrity partners, em que colaboradores de áreas diversas atuam como pontos focais de questões relacionadas à ética em seus setores de atuação. Além disso, todas as situações relatadas nos canais de denúncias, internos ou externos, sem exceção, são analisadas. O trabalho é realizado 24 horas por dia, sete dias por semana, por uma empresa terceirizada, e é gerenciado pela matriz do UnitedHealth Group, nos EUA, que faz o direcionamento para os times de investigação no Brasil, conforme o tema da queixa. A análise de fornecedores é outro diferencial. Todos são submetidos a um processo de due diligence para avaliação de riscos, sendo os contratos passíveis de rescisão caso se identifique alguma inconformidade.

O Programa Pró-Ética é uma iniciativa pioneira na América Latina criada em 2010, por meio de uma parceria da CGU e do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social. A relação completa dos contemplados com o selo de Empresa Pró-Ética 2018/2019 pode ser encontrada no site da CGU.  

AMIL ASSISTENCIA MEDICA INTERNACIONAL S.A.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 20/12/2019 18:25