terça-feira, 1 de dezembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Pandemia

Piloto de avião é proibido de visitar filhos por causa do coronavírus

Decisão é da Justiça de SP.

quinta-feira, 19 de março de 2020

Um piloto internacional de avião não poderá, por 14 dias, visitar os filhos. A decisão é da Justiça de SP, proferida nesta quinta-feira, 19, ao acolher pedido de suspensão do direito.

Nos autos, consta na alegação que o contato do pai com a filha poderia vir a afetar a saúde da menina, em especial de seu irmão materno, de apenas um ano e cinco meses, e que está no grupo de risco por ser portador de bronquite aguda.

t

Ao analisar o pedido, o juiz de Direito Eduardo Gesse, de Presidente Prudente/SP, considerou a pretensão do piloto de viajar com a filha - para Bariloche, na Argentina.

"Em razão da pandemia mundial decorrente da propagação do Coronavírus é realmente recomendável, por força da profissão exercida pelo requerido, por algum tempo, deixe de manter contatos com seus filhos. É algo que no momento e infelizmente o bom senso nos impõe. Não sendo assim, involuntariamente seus filhos correrão maior risco de contaminação, o que há de ser evitado."

Na decisão, o magistrado consigna que a providência poder ser revisada para menos ou para mais caso as recomendações das autoridades públicas de saúde o permitirem ou exigirem o agravamento das restrições de saúde já conhecidas.

O advogado Diego Ferreira atua pela requerente.

Veja a decisão.

______________

Para que o leitor encontre as notícias jurídicas específicas sobre coronavírus, reunimos todo o material em um site especial, constantemente atualizado. Veja, clique aqui: www.migalhas.com.br/coronavirus

 

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 20/3/2020 08:25

LEIA MAIS