segunda-feira, 30 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Balanço

Teletrabalho: TJ/MS profere mais de 50 mil atos em onze dias

Corte iniciou o regime de teletrabalho no dia 14 de março, devido à pandemia do coronavírus.

quinta-feira, 26 de março de 2020

O TJ/MS divulgou, nesta quarta-feira, 25, a produtividade do Tribunal nos primeiros onze dias de teletrabalho - de 14 a 24 de março.

O presidente, desembargador Paschoal Carmello Leandro, editou o primeiro ato instituindo o teletrabalho como medida de prevenção ao contágio do novo coronavírus, no dia 13 de março de 2020 e, desde então, a administração, os desembargadores, juízes e servidores de todo o Estado estão trabalhando nesta nova realidade. 

Foram 51.813 atos, sendo 45.914 decisões interlocutórias, despachos e julgamentos com mérito e sem mérito proferidos em primeiro grau. Em segundo grau e nas turmas recursais, os números mostram 5.899 atos proferidos.

t

A secretaria de tecnologia da Informação registrou nesta terça-feira, 24, 2.587, dos 3.567 magistrados e servidores ativos, em teletrabalho. Isso representa 72% da força ativa do TJ/MS trabalhando pela rede.

Nos exatos onze dias no formato remoto de trabalho, os juízes que atuam nos Fóruns e nos juizados especiais proferiram 11.970 decisões interlocutórias, 23.583 despachos, 8.634 decisões com mérito e 1.727 julgamentos sem mérito, totalizando 45.914 atos.

No mesmo período foram proferidas 1.640 decisões monocráticas, 1.714 julgamentos com mérito, 214 julgamentos sem mérito e 2.020 despachos, totalizando 5.588 atos. Nas turmas recursais, o trabalho continua também com 48 decisões monocráticas, 170 julgamentos com mérito, 17 julgamentos sem mérito e 76 despachos, totalizando 311 atos. 

Fonte:TJ/MS

________________

Para que o leitor encontre as notícias jurídicas específicas sobre coronavírus, reunimos todo o material em um site especial, constantemente atualizado. Acesse: www.migalhas.com.br/coronavirus

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 26/3/2020 11:15

LEIA MAIS