terça-feira, 20 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Eleição

Presidente reeleita para o IAB reforça papel da instituição contra "atitudes fascistas" de Bolsonaro

A eleição aconteceu na quarta-feira, 25.

quinta-feira, 26 de março de 2020

A advogada trabalhista Rita Cortez foi reeleita presidente do IAB - Instituto dos Advogados Brasileiros, com a maior votação já registrada em eleições, com 380 votos. A presidente reforçou a importância do papel do IAB neste momento difícil, "marcado por atitudes fascistas do chefe do Poder Executivo que, para nós, democratas e defensores dos direitos sociais, já não surpreendem".

A presidente será a primeira mulher a ter dois mandatos consecutivos à frente da entidade. A nova diretoria para o biênio 2020/22 foi eleita na AGE - Assembleia Geral Eleitoral, realizada na quarta-feira, 25, que teve uma única chapa inscrita, formada quase integralmente pelos consócios eleitos para o primeiro mandato (2018/20).

t

Diante da crise decorrente do avanço do coronavírus, a presidente reforçou o papel a ser cumprido pelo IAB no momento.

"Podemos colaborar, como sempre fizemos, para enxergar novos horizontes, cessada a situação de risco provocada pelo vírus à população. Nós temos autoridade para combater atitudes autoritárias que poderão ser adotadas por oportunismo."

Reconduzido para mais dois anos no cargo, o 1º vice-presidente, Sergio Tostes, também comentou sobre a atuação do IAB em tempos de pandemia.

"Estamos vivendo a quadra mais dura de nossa História, como também uma grave questão institucional, quando o presidente da República age em dissintonia com prementes interesses nacionais. O IAB, patrimônio cultural do País, teve o mandato dos seus dirigentes renovado para, no curso dos próximos meses, ser o porta-voz do pensamento jurídico nacional."

Com o avanço da crise na área da saúde pública, a Comissão Eleitoral 2020, presidida por Armando de Souza e integrada por André Marques e Jorge Folena, decidiu facultar a possibilidade do voto eletrônico a todos os membros efetivos e habilitados, inclusive os residentes na cidade do RJ.

A medida visou à preservação da saúde dos consócios e funcionários. Contudo, no hall de entrada do prédio onde fica a sede do IAB, no centro do RJ, uma urna foi colocada à disposição dos consócios que fizessem questão de votar presencialmente. Ao final da apuração, foram computados 429 votos, dos quais dois nulos e 47 inválidos.

Votaram na sede do IAB a presidente reeleita, o presidente da OAB/RJ, Luciano Bandeira, o 2º vice-presidente do IAB, Sydney Sanches, a 3ª vice-presidente, Adriana Brasil Guimarães, Jorge Folena e a consócia Mônica Alexandre Santos.

Rita Cortez é a segunda mulher a presidir o IAB. A primeira foi Maria Adélia Campello Rodrigues Pereira, no biênio 2006/08.

_____________________

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 26/3/2020 16:13