sexta-feira, 27 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Pandemia

Escritórios de advocacia utilizam tecnologias para atuar em época de crise

As empresas estão tendo que se adaptar ao novo cenário e trabalhar de forma remota.

terça-feira, 21 de abril de 2020

Com a explosão do coronavírus no país, a quarentena e o isolamento social são medidas indicadas pela OMS visando a diminuição do contágio da doença. As empresas, por sua vez, estão tendo que se adaptar ao novo cenário e trabalhar de forma remota, com a ausência do contato presencial dos funcionários.

Como será, então, que os escritórios de advocacia estão atuando nessa época de crise, uma vez que precisaram modificar as suas atividades?

t

Para Arthur Braga Nascimento, CEO da Bonuz - empresa integrante do escritório Braga Nascimento e Zilio Advogados Associados e especializada em empresas em fase inicial e startups - as mudanças não foram somente no trabalho diário e afirma ser notável as alterações emergenciais impostas em diversos setores do jurídico, principalmente quando se tratam de ações que precisam ser presenciais e fazem com que os profissionais do Direito se reinventem neste período.

"Com a chegada da covid-19, nosso papel é entender de prontidão quais são as novas leis impostas nesse momento para a sociedade, principalmente para auxiliarmos clientes a evitarem perdas, reavaliando seus prazos de contratos e renegociando entregas, caso seja necessário. Porém, fazer tudo isso à distância, exige que nós do setor jurídico tenhamos que nos adequar a ferramentas que podemos utilizar a nosso favor e assim, continuarmos atuando mesmo que à distância com esses clientes. Muita coisa mudou, um exemplo disso foram as leis trabalhistas que passaram por diversas reformulações, por isso, é importante entendermos que nossa hora é agora e precisamos estar do lado de quem precisa de nosso serviço para continuarmos instruindo a todos sobre seus direitos e deveres, neste momento delicado."

Já de acordo com Vinícius Bicalho, advogado e mestre em Direito, CEO da Bicalho Consultoria Legal, a saída tem sido apostar em tecnologias da informação e softwares de gestão para que a equipe continue executando as atividades.

"A sensação que tenho é que somente nos períodos de crise damos conta do quanto as tecnologias jogam ao nosso favor. Eu sempre investi em plataformas com dados em nuvem, mas nunca tinha parado para observar com atenção a real importância disso, principalmente porque no dia a dia agimos quase que no automático."

____________

____________

Para que o leitor encontre as notícias jurídicas específicas sobre coronavírus, reunimos todo o material em um site especial, constantemente atualizado. Veja, clique aqui: www.migalhas.com.br/coronavirus

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 21/4/2020 06:59