quinta-feira, 4 de março de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

STJ

Rejeitado pedido de entidades no STJ para adiar Enem 2020

Ministro Gurgel de Faria afirmou que impetrantes não apresentaram nenhum ato assinado pelo ministro da Educação, o que inviabiliza a análise do pedido.

quarta-feira, 13 de maio de 2020

t

O ministro Gurgel de Faria, do STJ, indeferiu inicial da União Nacional dos Estudantes e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas, que buscavam adiar a realização do Enem 2020, marcado para 1º e 8 de novembro.

Segundo as entidades estudantis, mesmo após o país inteiro adotar medidas para contenção da pandemia da covid-19, o MEC manteve a programação do Enem para novembro, com período de inscrição entre 11 e 22 de maio, de acordo com as regras anunciadas pelo Inep em editais publicados em março.

Gurgel afirmou, porém, que elas não apresentaram nenhum ato assinado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, o que inviabiliza a análise do pedido. S. Exa. destacou que as impetrantes apenas citam editais lançados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, autarquia vinculada ao MEC, responsável pela realização do exame.

"Assim, inexistindo ato concreto praticado pelo ministro de Estado da Educação, evidencia-se a sua ilegitimidade e, em consequência, a incompetência do STJ para processar e julgar o presente feito."

Veja a decisão.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 13/5/2020 17:29