sábado, 16 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Custas processuais

Juiz permite que empresa recolha custas ao final do processo em razão da pandemia

Empresa alegou que foi afetada pela crise da covid-19 e que custas ultrapassavam último rendimento mensal.

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Em distribuição de ação de execução de título extrajudicial, o juiz de Direito Fabio Fresca, da 4ª vara Cível de Jabaquara/SP, permitiu que empresa credora que foi afetada pela crise da pandemia da covid-19 recolha custas ao final do processo.

t

A empresa pleiteou em juízo a concessão de Justiça gratuita ou, subsidiariamente, a permissão para recolher as custas ao final da lide. A autora apresentou documentos para demonstrar que o valor das custas ultrapassava o último rendimento mensal da empresa, situação que demonstraria a impossibilidade de pagamento naquele momento.

O pedido foi deferido pelo juiz.

Representando os interesses da empresa, a advogada Louise Kruss e a estudante de Direito Victoria Maschio, do escritório Vieira Tavares Advogados, destacam que "a presente decisão visa garantir os direitos dos credores em um momento atípico e delicado".

"É primordial ações e decisões colaborativas para garantir uma continuidade saudável das atividades empresariais, bem como permitir o acesso à Justiça sem onerar demasiadamente as partes."

Confira o despacho de recebimento da inicial.

________________

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 23/7/2020 12:50