sexta-feira, 23 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Posicionamento

Bolsonaro defende Kassio Nunes em redes sociais e afirma que "autoridade no RJ" queria outra indicação ao STF

Presidente lamenta "críticas infundadas que inundaram as mídias" sobre Nunes.

segunda-feira, 5 de outubro de 2020

Neste domingo, 4, Jair Bolsonaro saiu em defesa do desembargador Kassio Nunes e acusou, em suas redes sociais, que uma "autoridade no Rio de Janeiro" está realizando "críticas infundadas" a Nunes. Segundo o presidente, tal autoridade queria a qualquer custo que ele "indicasse um candidato seu para o Supremo".

Ainda em seus posts, Bolsonaro afirmou que o desembargador indicado para ocupar a vaga de Celso de Mello no Supremo não votou contra a extradição de Cesare Battisti, mas sim, "participou de julgamento que tratou exclusivamente de matéria processual e não emitiu nenhuma opinião ou voto sobre a extradição".

Bolsonaro afirmou que lamenta pelas "críticas infundadas que inundaram as mídias" sobre Nunes.

Veja:

Um homem comentou na publicação de Bolsonaro, afirmando que na próxima indicação ao STF, poderia indicar Lula. Em resposta, o presidente elenca os posicionamentos alinhados de Kassio Nunes com o Governo: contra aborto, pró armas e defensor da família.

Em uma comitiva com apoiadores, Bolsonaro perguntou se está havendo muitas críticas ao desembargador, momento em que fez uma comparação: "indicação ao Supremo, pra muita gente, ficou igual escalar seleção brasileira. Todo mundo tem seu nome e aquele que não entrou reclama. Aí começa a acusar o cara de tudo".

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 5/10/2020 11:59