quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Do Acre a Goiás

Servidora com depressão consegue transferência para ficar próxima da família

Para a juíza, não poderia a União, sob a alegação de existir condições de atendimento na capital acreana, negar seu pedido de remoção.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Servidora que sofre de depressão conseguiu sua remoção do Acre para Goiás para poder ficar próxima da família. A autorização é da juíza Federal Flávia de Macêdo Nolasco, da SJ/DF.

(Imagem: Pexels)

(Imagem: Pexels)

A autora é servidora pública Federal junto ao TRE/AC desde junho de 2006 e reside sozinha em Rio Branco. Sua mãe, pai, marido e filha moram em Anapólis/GO. Ela sofre de depressão, síndrome do pânico e crises de ansiedade, que se desenvolveram em decorrência de um ato de abuso sexual, ocorrido ainda na adolescência.

Relatou que, há algum tempo, o seu tratamento não vem surtindo o efeito desejado, tendo crises de depressão recorrentes, sendo obrigada a se afastar de suas atividades laborais, tudo isso em decorrência de se encontrar sozinha no Estado no Acre, longe de seu seio familiar, o qual é crucial para seu tratamento e estabilidade clínica.

Na ação, entre outros pontos, a servidora alegou que é obrigada a se dirigir ao pronto socorro sozinha em seus momentos de crise, pois não há ninguém que possa lhe acudir, sendo que suas crises ocorrem de repente e em diferentes horários, inclusive pela madrugada.

Para a juíza, havendo a constatação, por meio de junta médica oficial, de que a servidora é portadora de enfermidade que demanda acompanhamento médico contínuo e necessita inequivocamente do auxílio e suporte familiar para a consecução de seu tratamento, não poderia a União, sob a alegação de existir condições de atendimento na capital acreana, negar seu pleito de remoção.

Por isso, deferiu o pedido de tutela de urgência e determinou a imediata remoção da servidora para o cartório eleitoral de Anapólis.

Publicidade

O escritório Bambirra, Merola e Andrade Advogados patrocina a causa.

Leia a decisão.

______

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 11/1/2021 13:37

LEIA MAIS